Fatec vai sediar Olimpíada de Robótica em maio

Mogi Mirim será sede no dia 25 de maio da I Olimpíada Regional de Robótica. A competição acontecerá nas dependências da Fatec (Faculdade de Tecnologia) "Arthur de Azevedo", responsável pela organização do evento. A iniciativa é voltada tanto para os alunos da Fatec, quanto para qualquer estudante matriculado em instituições de ensino médio, técnico, profissionalizante e superior da região.

Compostos em equipes, os estudantes competirão com robôs, usando kits de robótica, placas e componentes eletrônicos, peças avulsas reaproveitadas e microcontroladores, dentre outros. Para isso, cada equipe deverá pesquisar, projetar, construir e programar seus próprios robôs. Porém, deverão atender a algumas especificações.

As inscrições para a I Olimpíada Regional de Robótica serão realizadas no período de 1º a 25 de abril, através do e-mail simposio@fatecmm.edu.br. As inscrições serão feitas por trabalho, e cada um terá de dois a seis membros em grupo. Além disso, é exigida a participação de um professor-orientador. O edital da competição está disponível no site http://fatecmm.edu.br/arquivos/Edital_ORR_2019.pdf.

O objetivo da Olimpíada é estimular o interesse pela robótica nos estudantes de todas as instituições de ensino de Mogi Mirim e região, por meio da proposição de um desafio de robótica móvel autônoma; promover o entrosamento entre os participantes, criando um ambiente adequado para transferência de conhecimentos e tecnologias; e estimular a integração multidisciplinar para formação das equipes, dentre outros.

Durante a competição, todas as equipes passarão por questionamentos sobre o funcionamento dos seus robôs. Esse processo servirá para verificar e atestar tanto a autoria das equipes sobre os robôs, como também identificar e premiar as melhores equipes. Vale destacar que todos os robôs participantes devem ser móveis e autônomos (capazes de navegar pelo ambiente sem interferência humana), não sendo permitida a alimentação de energia por meio de cabos.

No torneio, haverá dois tipos de modalidades de competição: Circuito de Obstáculos e Prova de Arrancada. O circuito de obstáculos consiste em um caminho a ser seguido pelo robô, que será sinalizado por uma linha preta sobre o circuito. Ao longo do caminho, o robô encontrará missões que valerão pontos na rodada. Em cada rodada, um único robô será liberado na arena para seguir o percurso e fazer a maior pontuação. As missões consistem em desafios que o robô deve cumprir durante uma rodada para somar pontos na competição.

A prova de arrancada consiste em uma disputa entre dois competidores, na forma de uma corrida realizada em trajeto reto, nivelado e sem obstáculos. O vencedor de cada rodada é definido pelo robô que, partindo da imobilidade atrás da largada, percorrer todo o trajeto e cruzar a linha de chegada no menor tempo. A chegada será sinalizada ao robô na forma de uma área preta ao fim do trajeto.
Os projetos e suas equipes serão avaliados por banca julgadora composta por representantes de empresas da região e por membros da Câmara de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da Fatec. As equipes ganhadoras serão premiadas com medalhas referentes às categorias nas quais mais se destacaram.



Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top