Festimm terá 9 dias de atrações; veja programação


A 8ª edição do Festival de Inverno de Mogi Mirim (Festimm) é marcada pela comemoração dos 250 anos de Mogi Mirim e contará com nove dias consecutivos de atrações. A programação está dividida em dois palcos, passando por diversos estilos e vertentes musicais, além de estrutura que dispõe de praça de alimentação em todos os dias.

A abertura do festival será no dia 28 de junho, apresentando uma mistura de Clássicos e Jazz, com participação do Coral Municipal, da Orquestra Sinfônica da Lyra e do Trio Carlos Lima. Já para os amantes do bom e velho Rock and Roll, a segunda noite do Festimm, em 29 de junho, é inteiramente dedicada a fazer as pedras rolarem, com shows de cinco bandas.

A Vitrine Cultural é o destaque do dia 30 de junho, com um mix de atrações, como o encontro de pianistas, a apresentação de coral e teatro infantil, e um encontro de corais da região. O quarto dia de evento, 1º de julho, oferece uma excelente oportunidade de conhecimento e informação, através da palestra cultural sobre as leis de incentivo (como ProAC e Lei Rouanet), ministrada por Antonie Kolokathis.

O dia 2 de julho é um dia dedicado ao violão, com um festival que mescla apresentações da Orquestra de Violões, além de um master class sobre técnicas avançadas de violão com Laércio Ilhabela. No dia 3 de julho, uma quarta-feira, é a noite em que a viola vai chorar, com a Orquestra Mogimiriana de Viola Caipira, apresentação do Coral da Melhor Idade, além de uma roda de violeiros e a apresentação de dança do grupo Comanches Country Show.

Em 4 de julho, a noite promete. Indo de Pixinguinha a Piazzolla, o Festimm traz ao público o tango, a roda de samba e o chorinho, despertando sentimentos e sensações surpreendentes, através da música e da dança apresentadas pela Camerata de Cordas da Lyra Mojimiriana, o Estúdio de Dança André Sastre e o Grupo Samba da Estação.

Dia 5 julho, uma sexta-feira, a atração será a banda Monallizza, em um tributo a Tim Maia, além do musical da Lyra Mojimiriana: Tom Jobim, Meu Maestro Soberano. No dia 6, úlitmo dia do evento, o Festimm confirma que “Gente é pra Brilhar”, com um festival de bandas, um festival de dança, e a segunda apresentação do musical Tom Jobim, Meu Maestro Soberano. O encerramento fica por conta da alegria e irreverência do forró, com Enock Virgulino e banda.

Segundo o maestro e diretor artístico da Lyra Mojimiriana, Carlos Lima, a expectativa é de atrair dez mil pessoas de Mogi Mirim e região. Para isso, houve um esforço para se incluir atrações que pela primeira vez integram a programação do Festimm, como o festival de bandas envolvendo alunos de escolas locais. “A ideia é trazer um público que talvez ainda não tenha ido ao festival”, explicou.

Outra novidade, essa com ligação direta com a celebração dos 250 anos de Mogi Mirim, será a participação do artista plástico Tóride Celegatti no musical Tom Jobim, Meu Maestro Soberano. Nas duas apresentações, nos dias 5 e 6 de julho, Tóride estará no palco, pintando uma tela a partir das apresentações dos músicos da Lyra Mojimiriana. “E essas duas telas certamente serão um presente para a cidade”, enfatizou Carlos Lima.

EXPOSIÇÃO
Durante todo o Festimm, o público também poderá conferir uma exposição internacional de gravuras no salão nobre do Centro Cultural, sob curadoria de Valter Polettini e com apoio do Centro de Documentação Histórica (Cedoch) de Mogi Mirim. As obras são de artistas de Portugal, Espanha, Itália, Rússia, Reino Unido, México, Colômbia, Argentina, Peru, Uruguai, Estados Unidos e Brasil.

INGRESSOS
As apresentações no teatro do Centro Cultural terão ingressos a preços populares (R$ 20 inteira / R$ 10 meia ou antecipados). As entradas podem ser adquiridas pelo site festimm.com.br ou na secretaria da Lyra Mojimiriana, na Avenida Luiz Gonzaga Amoedo Campos, 51, Vila Bianchi, ao lado do Teatro de Arena. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3862-0967.

Clique na imagem para ampliar

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top