Com gol de Artur, Tucurense é pentacampeã da 1ª Divisão

Soberana na história da Primeira Divisão do Campeonato Amador de Mogi Mirim, a Tucurense conquistou o pentacampeonato da competição ao derrotar o Vila Chaib por 1 a 0, na tarde deste domingo, 22, no Estádio Distrital Ângelo Rottoli, o Tucurão. Foi o jogo de volta da final da Copa Pentagon de Futebol Amador – 2019 – Série A. O gol foi marcado aos 13 minutos do primeiro tempo, em cabeceio de Artur, após cobrança de escanteio de Iago.

No jogo de ida, realizado no domingo anterior, no Estádio Ismael Polettini, no Parque da Imprensa, houve empate em 0 a 0. Em caso de um novo empate na partida de volta, a decisão do título teria ido para os pênaltis.

Tucurense celebrou o quinto título consecutivo do Campeonato Amador

Depois de ter sido responsável, no ano passado, pelo primeiro tetracampeonato da história da Primeira Divisão, agora, a Tucurense conquistou um inédito pentacampeonato. Para se ter uma ideia da importância da marca, apenas dois clubes já foram tricampeões: a própria Tucurense, duas vezes, a primeira em 1964/65/66, e a Piteiras, em 2000/01/02.

Outra marca expressiva que demonstra a soberania do clube foi a Veterana ter atingido o seu 17° título na Primeira Divisão, no ano em que completou 100 anos. O segundo time com mais troféus é a Vila Dias, com seis conquistas. O Vila Chaib, fundado em 2015, chegou à sua segunda final consecutiva de Amador logo em seu segundo ano de participação no certame e buscava sua primeira taça na Primeira Divisão.

Durante a primeira etapa, houve confusão envolvendo torcedores dos dois times nas arquibancadas. Ao final do jogo, enquanto a cerimônia de premiação era preparada, torcedores comemoravam o título no campo e rojões foram lançados do gramado em direção à arquibancada. Na sequência, houve lançamento de pedras e garrafas das arquibancadas para o gramado e vice-versa, com a devolução de objetos lançados, de volta. Houve corre-corre e confusão nas arquibancadas. Garrafas de cerveja, água e whisky ficaram espalhadas pelo gramado.

PREMIAÇÕES
Além de campeão, a Tucurense teve o goleiro menos vazado da competição, Gu, com nove gols sofridos. O artilheiro foi Daniel, da Santa Cruz, com 22 gols. 

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top