Mogi Mirim confirma 1º caso de sarampo

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou que Mogi Mirim possui um caso de sarampo em uma criança de um ano e dois meses. A Vigilância em Saúde tem intensificado as ações de identificação de casos suspeitos da doença na cidade.

Em casos suspeitos, um protocolo é seguido, a fim de evitar que a doença, que é transmitida por um vírus, se espalhe. Foi o que aconteceu assim que a Vigilância teve a informação de um caso suspeito de uma funcionária padaria JK Pane, localizada na Avenida 22 de Outubro, zona Norte da cidade. Ela reside em Mogi Guaçu.

Nesse caso, a Vigiância acionou a direção do estabelecimento, que prontamente colaborou com as chamadas ações de bloqueio. Como determina o protocolo, foi afixada informação de que todos que tiveram passagem pelo estabelecimento entre os dias 12 e 19 de agosto se dirigissem até a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de casa para atualizar a carteira de vacinação contra o sarampo, por precaução. Até porque o caso não foi confirmado e não se sabe onde ocorreu a contaminação.

Ações desse tipo visam impedir a disseminação da doença. A Secretaria de Saúde ressalta que a situação está controlada na cidade e que, após as ações de bloqueio e tratamento do paciente, além da vacinação preventiva, o risco de contaminação é afastado.



Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top