PM encontra arsenal com 37 armas no Mirante

O que começou como uma averiguação de briga de casal terminou com a apreensão de um verdadeiro arsenal em uma casa na Rua do Mirante, na noite de quarta-feira, 27. A Polícia Militar apreendeu 37 armas, entre espingardas, rifles, pistolas e revólveres, na casa do industriário Marcos Eduardo Franco, 50.

Desse total, apenas quatro armas estavam com a documentação em ordem. Muitas sequer poderiam estar na casa, já que são restritas às Forças Armadas ou de uso exclusive das polícias. Segundo os cabos PMs Lopes e Renato, que atenderam a ocorrência, por volta das 19h50, eles foram até a Rua do Mirante onde, segundo testemunhas, um homem havia efetuado alguns disparos pela casa.

Chegando ao local, os policiais militares, com reforço de equipes da Força Tática, sob comando da tenente Fernanda, cercaram a residência. Em seguida, entraram na casa e encontraram o industriário trancado em um dos cômodos. Já a esposa dele não estava na residência.

Os policiais militares conseguiram convencer o homem a se entregar. Porém, ao revistarem a casa, encontraram as armas e munições. Também localizaram a esposa de Franco, que ao ver o marido armado com uma pistola e disparando em sua direção, conseguiu fugir para o quintal, pular o muro e se embrenhar em um matagal existente atrás da casa, onde permaneceu por horas.

Além das armas, foram apreendidas munições, dos mais variados calibres, como 7.62, .38, .45, .22, 9 mm, assim como muita pólvora e uma máquina para recarregar cartuchos. Os PMs destacaram ainda que a quantidade de facas de caça, baionetas, espadas, sabres e armas medievais também era grande.

Entre as armas, chamam a atenção duas réplicas nacionais da pistola alemã Luger 9 mm, da pistola Walther (também alemã), além de carabinas 22, uma, inclusive, equipada com mira telescópica. No arsenal ainda havia um fuzil Mosquefal 7.62, um revólver Taurus com cano refrigerado, uma pistola Imbel 380 e até um simulacro do fuzil Colt M-16.

Segundo informações na Delegacia Central, Franco deve responder por porte ilegal de armas, assim como por tentativa de homicídio, já que efetuou vários disparos contra a esposa. Os PMs ainda encontraram cinco tubetes de cocaínas vazios na residência, mas não se sabe se o homem estava sob efeito de drogas. Também fizeram parte dessa operação os sargentos Bernardo e Cleberson, os cabos Timóteo, Das Neves, André Luís, Dário, Alves e o soldado Victor.






Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top