Mirlene Picin se prepara para temporada de neve na Europa

A esquiadora mogimiriana, Mirlene Picin, está na Europa, em preparação para a temporada europeia.
De 10 a 14 de dezembro, Mirlene compete na segunda etapa da Copa Europa de Biathlon de Inverno, em Val Ridanna, na Itália. A disputa integra o circuito europeu de Biathlon, com competições até março de 2020 em oito diferentes países.

De 16 a 21 de dezembro, a terceira etapa da competição será realizada em Obertilliach, na Áustria. Os meses de janeiro e fevereiro seguem sem um calendário definido, dependendo de resultados de dezembro e de definições orçamentárias e logísticas de Mirlene.

Provas de dezembro definem pontos no ranking internacional e
servem para distribuir vagas para o Europeu de 2020. (Foto: Arquivo Pessoal)
As disputas de dezembro definem pontos no ranking internacional, além de distribuírem vagas para o Campeonato Europeu de 2020, que será em Otepaa, na Estônia, em fevereiro, e Campeonato Mundial 2020, em Antholz Anterselva, na Itália, em janeiro. As primeiras etapas de dezembro também definem as vagas para prosseguir na própria Copa Europa, em janeiro, fevereiro e março.

SKI CROSS COUNTRY
Mirlene aguarda para definir as provas de ski, sem o tiro, após os resultados no biathlon, pois muitos eventos possuem datas coincidentes. No momento, seu foco são as provas combinadas de ski e tiro com o rifle calibre 22.

"Depois dos ótimos resultados que obtive na América do Sul, inicio essa nova etapa confiante, mas com os pés no chão, de que aqui o nível deste esporte não pode nem de longe ser comparado com o do hemisfério Sul. Aqui, estão os medalhistas olímpicos, mundiais e toda a tradição”, analisa Mirlene. A atleta sofreu alguns problemas de saúde em outubro, que a impossibilitaram de treinar como o planejado.

“A expectativa é que consiga treinar com mais qualidade antes das provas, já que consegui viajar com mais antecedência. Ter tempo de neve e treinos de tiro faz toda a diferença, mas estar aqui exige uma estrutura com um custo muito maior que treinar no Brasil e esses custos seguem sendo limitantes para mim. As equipes estão em contato com a neve e altitude durante todo o mês de setembro, outubro e novembro, treinando em glaciares ou túneis de neve artificial. Nós tentamos treinar adaptado no asfalto, da melhor maneira possível", comparou.

Mirlene é patrocinada pela Visafértil e AJP Motos Brasil e conta com o apoio de Murilhas Comunicação, Mediphacos, Hospital 22 de Outubro, Ibeas Academia, Explosão Suplementos, Decathlon Campinas e Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel) de Mogi Mirim.

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top