!


Mogimiriano, padre Ademir Bernadelli será o novo pároco da Matriz São José

A menos de 30 dias de assumir oficialmente os trabalhos na Igreja Matriz de São José, padre Ademir Bernardelli disse, durante entrevista para A COMARCA, que já está de “malas prontas”. Explicou que existe uma ansiedade natural e que chega com o compromisso de “realizar a caminhada na fé e ajudar a construir o Reino de Deus”.

Aos 52 anos, Bernardelli tem uma trajetória diversificada na vida sacerdotal (Foto:Divulgação)

Durante a conversa, revelou que, apesar de na certidão de nascimento constar como sendo natural de Jaguariúna, na verdade, nasceu aqui em Mogi Mirim. “Naquela época Jaguariúna pertencia à Comarca de Mogi Mirim e o parto foi realizado na cidade”, detalhou. Ele contou ainda que em meados de dezembro esteve visitando a paróquia, onde se reuniu com o atual titular, padre Nelson Demiciano.

Aos 52 anos, Bernardelli tem uma trajetória bastante diversificada em suas atribuições sacerdotais, é dono de um italiano fluente, resultado de sua passagem pelo antigo continente quando estudou na Itália.Ele estava há sete anos ocupando a titularidade da Paróquia de São Benedito, em Itapira.

A missa de posse está marcada para ocorrer no dia 2 de fevereiro, às 10h, e vai contar com a participação do Bispo de Amparo, Dom Luiz Gonzaga Fecchio. São aguardadas também as presenças de diversos religiosos da Diocese de Amparo. Antes, porém, foi celebrada em Itapira a “missa de envio”, na noite do último domingo, 12.


OS PÁROCOS DA IGREJA MATRIZ

1751-1752:
Pe. Antonio Damaso da Silva
1752-1758: Pe. Antonio Xavier de Mattos
1758-1760: Pe. Vital Gomes Freire
1760-1766: Pe. Antonio do Prado Siqueira
1766-1769: Pe. Inácio Francisco Moraes
1770-1774: Pe. José Rodrigues Bueno
1774-1776: Pe. José Pais de Almeida Leme
1776-1977: Frei José de Jesus Maria do Desterro
1777-1796: Pe. Antonio do Prado Siqueira
1796-1822: Pe. João Safino da Fonseca
1822-1823: Pe. Francisco Emydio de Toledo
1823-1832: Pe. Francisco de Paula Teixeira
1832-1833: Pe. Manoes José Fernandes Pinto
1833-1834: Pe. Martinho Antonio Barreto
1834-1835: Pe. José Joaquim de Oliveira Brazeiros
1835-1843: Pe. Francisco Manoel Malachias
1843-1847: Pe. José Maria Cardoso de Vasconcellos
1847-1851: Pe. Luis Antonio de Alvarenga
1851-1881: Pe. José Maria Cardoso de Vasconcellos
1881-1892: Pe. João Eboli
1892-1892: Pe. José Estevam Ferreira
1892-1896: Cônego João Evangelista da Silva Braga
1897-1901: Pe. Miguel Marcondes do Amaral
1901-1903: Pe. Pedro Francisco dos Santos
1903-1904: Pe. José Michaud
1904-1906: Pe. Michelangelo da Rosa
1906-1909: Pe. Joaquim Soares de Oliveira Alvim
1909-1910: Pe. Vicente Ferreira Passo
1910-1923: Cônego Moysés da Silva Nora
1923-1925: Pe. Oscar Sampaio Peixoto
1925-1927: Pe. Vicente Rizzo
1928-1947: Monsenhor Moysés da Silva Nora
1947-1960: Monsenhor José Nardim
1960-1963: Cônego Tomas Vaqueiro
1963-1966: Cônego Carlos Menegazi
1966-1968: Monsenhor José Nardim
1968-1987: Cônego Carlos Augusto Gomes Malho
1980-1981: Frei José Vieira de Lima
1982-1984: Frei Valdemiro Giovanella
1985-1986: Frei Jairo José Benica
1987-1990: Pe. Ercílio Turco
1990-2003: Monsenhor Gilberto Edison Schneider
2003-2011: Pe. Carlos Alberto Rodrigues Jorge
2011-2020: Pe. Nelson Antonio Demiciano

1 comentários:

  1. Desejo ao padre ademir muita luz e q deus te abencoe sempre ficaremos contente mas ao mesmo tempo triste eucomheci o senhor nos piores dias da minha vida e fui abencoada e me fez ter forcad pra continuar a bencao padre ademir eu como itapirense agradeço a deus por te lo no meu caminho

    ResponderExcluir

Scroll to top