Mogi Mirim registra dois casos suspeitos de coronavírus

A Secretaria de Saúde registrou dois casos suspeitos do novo coronavírus (Covid-19) em pessoas com histórico de visita à Alemanha, entre os dias 20 e 24 de fevereiro. Trata-se de um homem, de 27 anos, e uma mulher de 31 anos, residentes na cidade de Campinas, mas que, por conta de familiares em Mogi Mirim, buscaram atendimento na cidade no último sábado, 29. Ambos estão em isolamento domiciliar no município campineiro.

Eles foram colocados como suspeitos por preencherem os critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS) tanto em relação aos sintomas, como local de transmissão da doença, já que a Alemanha integra a lista de países onde existe incidência dos casos. Os outros países são Austrália, China, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Camboja, Filipinas Japão, Malásia, Vietnã, Cingapura, Tailândia, Itália, França, Irã e Emirados Árabes.

As suspeitas foram confirmadas pela Vigilância em Saúde no início da tarde de segunda-feira, 2, após comunicado do Hospital 22 de Outubro. O hospital afirmou que, no último sábado, 29, a mulher e o homem procuraram atendimento médico, quando houve o diagnóstico dos sintomas do novo coronavírus.

Ainda em solo alemão, no dia 22, apresentaram os primeiros sintomas, de acordo com as autoridades. No Hospital 22 de Outubro, a mulher foi detectada com febre, tosse, dor de garganta, dificuldade de respirar, dor de cabeça, coriza e diarreia. Já o homem apresentou febre, coriza, dor de garganta, tosse e dificuldade de respirar. O hospital comunicou a Vigilância em Saúde de Mogi Mirim, e posteriormente notificou o governo federal. A Vigilância informa que a situação está controlada e continua atenta aos casos suspeitos e aguarda os resultados dos exames dos pacientes.

PREVENÇÃO
O Governo do Estado criou um site para orientar a população sobre o coronavírus: www.saude.gov.br/coronavirus. Nele, é possível encontrar explicações e materiais para download, como um guia de prevenção, relação de dúvidas frequentes, cartazes, vídeos e áudios de entrevistas com especialistas.


Nenhum comentário:

Leave a Reply

Scroll to top