!


Hospital de Campanha do Ibirapuera passa a receber pacientes de Campinas

O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta quarta-feira, 8 que, com a diminuição da propagação do coronavírus na capital e o aumento de casos no interior, o Hospital de Campanha do Ibirapuera será referenciado a partir de hoje para atender pacientes com Covid-19 de Campinas, preferencialmente, e de outras regiões do estado de São Paulo, se necessário.

"A ação permite o atendimento correto e efetivo, sem o aumento de custos. Não há necessidade de montar um hospital de campanha em Campinas, por exemplo, se temos um hospital de campanha aqui operando em boas condições. É mais barato e eficiente providenciar o transporte por ambulâncias com UTI", disse Doria.

O hospital de campanha, inaugurado pelo Governo de São Paulo em 1º de maio no Complexo Esportivo do Ibirapuera, dispõe de 240 leitos de enfermaria e 28 de UTI, além de sala de descompressão, consultórios médicos e tomografia.

A unidade é referenciada e recebe pacientes encaminhados por outros serviços, com apoio da Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde (Cross). Na manhã desta quarta-feira,  146 pacientes estavam internados. Desde a inauguração, até agora, 1.667 pacientes foram atendidos e 1.191 receberam alta. Houve nove óbitos na unidade.

"O hospital de campanha do Ibirapuera tem cerca de 55% de ocupação hoje. O custo de mais de R$ 10 milhões investidos por mês na unidade será direcionado para o interior do estado e Campinas terá desafogada sua capacidade hospitalar, que já supera 80%", afirmou o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

O serviço possui todo o aparato tecnológico para garantir atendimento com qualidade e humanização, além da prevenção a contaminações. Equipes de saúde e pacientes possuem acesso à internet wi-fi para manter contato com familiares, já que visitas e presença de acompanhantes serão restritas. Os boletins médicos são enviados por videochamadas, além de um canal por WhatsApp para contato diário.

Os internados têm suporte de uma equipe multiprofissional e atividades focadas no bem-estar emocional, como biblioteca itinerante, mandalas para colorir e outras atividades culturais. Há sistema de ar-condicionado que assegura climatização adequada e troca de ar constante, atendendo às normas sanitárias e de segurança.

Hospital de Campanha no Ginásio do Ibirapuera tem cerca de 55% de ocupação de leitos (Foto: Governo do Estado de São Paulo)

Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top