!


Covid-19: Mogi Mirim tem 5 mortes em 3 dias

O boletim divulgado nesta segunda-feira, dia 28, pela Secretaria Municipal de Saúde registrou mais cinco mortes causadas em decorrência da Covid-19 em Mogi Mirim. De acordo com a Prefeitura, os óbitos ocorreram nos últimos três dias.

Das cinco vítimas, apenas uma era mulher. Ela tinha 86 anos. Os quatro homens tinham 35, 53, 62 e 84 anos de idade. Todos estavam internados, segundo informações da Secretaria de Saúde. Com isso, o número total de mortes causadas pela Covid-19 chega a 50.

Também nesta segunda-feira, foram notificados 50 casos testados positivo. Ao todo, o município soma 1.576 casos da doença, dos quais 81 estão em isolamento social e 5 estão internados, sendo 2 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A taxa de ocupação hospitalar está em 32%. Existem 28 casos suspeitos, dos quais 7 estão internados. O resultado de um exame descartou por contágio de Covid-19 o óbito de uma mulher de 72 anos, registrado na quinta-feira, 24. Outros 1.440 pacientes já se recuperaram.

TESTES EM MASSA
No último sábado, 26, a 3ª edição do programa de testagem da população com idade acima de 60 anos foi realizada na Rede Lucy Montoro, das 8h às 16h. Nesta etapa, a ação preventiva de combate ao novo coronavírus esteve direcionada aos bairros das regiões Oeste e Sul.

Na ocasião foram aplicados 545 exames. Destes, 27 idosos apresentaram positivo, sendo comunicados ainda no mesmo dia pela equipe da Secretaria de Saúde sobre o resultado do teste. Os números foram incluídos no boletim desta segunda-feira.

A orientação foi para que todos compareçam no Ambulatório de Síndromes Gripais, a fim de receberem atendimento clínico, além de orientações sobre os procedimentos preventivos a serem adotados, dentre eles, a necessidade de isolamento domiciliar.

A mesma recomendação é destinada aos familiares residentes no mesmo local do idoso confirmado positivo para a Covid-19. Todos deverão seguir o isolamento social, e o não cumprimento desta determinação poderá resultar em boletim de ocorrência, já que a infração configura crime sanitário.

No boletim desta segunda, também foram incluídos os casos positivos diagnosticados na testagem em massa na Rede Lucy Montoro (Foto: Divulgação)




Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top