!


Surreal! Mika é personagem da Turma da Mônica

Diego Ortiz

Você, que já teve a oportunidade de encontrar nas ruas de Mogi Mirim ou até conversar com a esquiadora mogimiriana Mirlene Picin, poderá dizer, agora, já ter visto pessoalmente ou falado com uma personagem da Turma da Mônica. Pode parecer surreal, mas é a realidade. Depois de inúmeras conquistas internacionais da atleta, o mogimiriano terá um motivo pitoresco de orgulho relacionado a Mirlene: ter uma representante do município entre os personagens de Mauricio de Sousa, que celebrou 85 anos nesta semana. O nome da personagem é o apelido de Mirlene,                                               Mika. 

A ideia de transformá-la em integrante da Turma da Mônica foi de Alice Takeda, esposa de Mauricio e diretora da Maurício de Sousa Produções. Alice já acompanhava a carreira da mogimiriana, próxima à família de Maurício porque o sobrinho de Mirlene é colaborador da empresa. “Ela achava que toda história minha de ter começado tarde no esporte, num esporte de inverno para uma pessoa que nasceu no país tropical, a questão do projeto de reflorestamento e tudo ao redor poderia render um personagem com boas histórias”, explica Mirlene.

A revelação foi feita por Mirlene nas redes sociais, no domingo, quando houve a liberação da divulgação, mas a atleta teve tempo de assimilar o choque, pois recebeu a notícia sobre o projeto em uma reunião com Alice em janeiro e, em março, os trabalhos foram iniciados. “Esse negócio da ficha cair é que foi um negócio meio em doses homeopáticas. Da maneira que começou, a gente sabia que era um projeto que eles estavam superinteressados em trabalhar, mas a gente não sabia se ia vingar”, afirma. 

O processo de construção contou com muito abastecimento de informações às equipes de ilustradores, roteiristas e marketing sobre a atleta e estudos sobre o esporte: “Precisava tudo ser minuciosamente explicado para poderem avaliar o que é interessante transportar para o público”.

Mika, cujo desenho ainda não foi divulgado, integra a Turma da Mônica Jovem, que tem os integrantes em idade mais avançada e carrega a história e a personalidade de Mirlene. “A Mika é a Mirlene Picin, formada em Publicidade e Propaganda, em Educação Física, trabalha e é atleta que no verão corre e, no inverno, compete em esporte de neve. É a atleta que tem o projeto social e ambiental do reflorestamento que troca as medalhas por mudas destinadas ao plantio em áreas degradadas no meio ambiente”, observa.

A definição do nome Mika foi fácil, por ser curto, de fácil pronúncia e interessante em termos de marketing. O apelido  foi dado pelo grupo de patinadores ao qual Mirlene pertencia entre o final da década de 90 e início de 2000. “Começou como Mika Lika. Na época era Mika Lika Ralada, porque eu vivia ralada. E foi ficando Mika Lika, Mika pra cá...”, rememora.

GLOBAL
Agora da Turma da Mônica, Mirlene já havia vivido uma experiência privilegiada quando se tornou comentarista da Rede Globo e SportTV nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018. “Realmente, nunca imaginei nenhuma das duas situações na minha vida”, admite.

A nova situação é muito mais especial. “Por mais eu seja conhecida da família, da Alice, uma das mentes criativas que decide novos personagens, mas no universo dela, quantas pessoas ela conhece e que têm histórias também inspiradoras, mas que têm essa questão a mais de dar o start, de acender a lâmpada e falar: opa, essa, talvez, vai ser diferenciada”, reflete.

Ter chegado à maior emissora do país foi especial, mas Mirlene observa haver poucos especialistas no Brasil sobre esportes de inverno. Somado a isso, entre os atletas, era a única com formação em Comunicação, além de ter tido experiência em jornais e escrever para revistas. Agora, esteve longe de ser uma seleção óbvia. “Eles estão antenados o tempo todo no que está acontecendo, no que pode ser oportunidade e eles te destacarem nesse universo, aí, sim, é que vejo todo diferencial”, salienta.

Mirlene se sente leve pela construção ter sido feita com base no que ela já faz e é. Por outro lado, sabe que estará mais exposta e admite responsabilidade maior e necessidade de cautela pela possibilidade de influenciar pessoas.

A esquiadora mogimiriana Mirlene Picin, a Mika, é a nova integrante da Turma da Mônica Jovem, de Mauricio de Sousa (Foto: Turma da Mônica / Mauricio de Sousa / Reprodução)



Mirlene já desenhou diversos personagens

Agora integrante da Turma da Mônica, Mirlene Picin já viveu o outro lado, com a experiência de desenhar personagens. Com o desenho sempre presente em sua vida, na infância, adorava ler gibis e tinha Cebolinha e Chico Bento como personagens favoritos. 

Mika fez aula de desenho na adolescência, em duas escolas de Mogi Mirim, a antiga Haja Luz, onde aprendeu a desenhar personagens do Mauricio Sousa. Depois, fez aula de desenho com Fernando Chaid e cursou Publicidade e Propaganda porque pretendia trabalhar com a parte de criação e design gráfico. “Um personagem que eu lembro de ter desenhado foi para um esquiador argentino que tinha o apelido de Formiga Atômica, foi meio que uma releitura da Formiga Atômica tradicional com esquis, esse esquiador tatuou isso na panturrilha dele”, recorda.

Outros personagens foram desenhados para uma escola de educação infantil quando Mirlene trabalhava em uma agencia de propaganda em São Paulo.  Já em 2010, quando participou da corrida Nike 600 K, do Ibirapuera, de São Paulo, até a Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, fez uma ilustração com todos os corredores de sua equipe paulistana, criando um personagem para cada um.

Mika pode vestir a camisa do Mogi Mirim

Questionada sobre para qual time Mika irá torcer considerando o fato de Mônica ser são-paulina, Cebolinha, palmeirense, Cascão corintiano, Magali santista e Chico Bento, torcedor do XV de Piracicaba, Mirlene disse hoje não torcer para time algum, embora já tenha tentado carreira de jogadora de futebol. Porém, acredita que se Mika tiver que vestir a camisa de um time será do Mogi Mirim. “Nesse contexto que cada personagem tem um time, acho que então a Mika iria usar a camisa do Mogi Mirim Esporte Clube, até numa tentativa de reerguer, tentar mostrar um pouco da história e enaltecer o clube da cidade que trouxe tanta alegria pra gente. Eu tenho na minha infância, na minha adolescência, principalmente no início dos anos 90, recordações muito boas de ter acompanhado meu pai ao estádio, com sorteio dos carros e tudo mais, lotava e era motivo de tanto orgulho pra todo mundo”, ressalta.

No futebol, Mauricio de Sousa criou diversos personagens como o Pelezinho, Neymar Jr. e Ronaldinho Gaúcho. Fora do futebol, em termos de esportes olímpicos, Mika é sua primeira personagem.


Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top