!


Tarifas de pedágio sofrem reajuste no dia 1º; praça de Jaguariúna vai para R$ 12,70

A partir da zero hora de terça-feira, dia 1º de dezembro, entra em vigor o reajuste contratual anual das tarifas de pedágio das rodovias sob concessão no estado de São Paulo, após um adiamento de quase seis meses. As tarifas são definidas pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e foram publicadas no Diário Oficial do Estado de 20 de novembro.

O aumento da tarifa segue os critérios contratuais, com a correção de inflação pelo indicador econômico IPCA acumulado entre julho/2019 e junho/2020. Neste caso, o índice ficou em 2,13%. O reajuste deveria ter entrado em vigor em 1º de julho, conforme estabelecido em contrato de concessão, mas foi postergado em razão da pandemia da Covid-19.

Reajuste de 2,13% entra em vigor no dia 1º de dezembro em todo o estado (Foto: Arquivo/Divulgação)

Em nota, a Renovias informou que, durante o período de isolamento social, manteve as atividades operacionais nas rodovias, como obras, serviços de manutenção, atendimento ao usuário e prestação de socorro. Foram realizadas ações de conscientização aos clientes e motoristas profissionais, com entrega de máscaras, álcool 70%, kits de alimentação e higiene, além de orientações.

Já a Intervias, também em nota, justificou que, desde o início das concessões paulistas, a receita dos pedágios viabilizou mais de R$ 3,02 bilhões em investimentos em obras, manutenção e operação dos 380 quilômetros de rodovias paulistas sob concessão. Além disso, R$ 260 milhões de repasse de ISSQN, imposto que incide sobre a tarifa de pedágio, foram repassados para prefeituras locais. Essa verba pode ser utilizada pelas administrações municipais para investimentos nas cidades.

A malha viária da Renovias liga Campinas, Circuito das Águas e sul de Minas: SP-340 (Campinas/Mococa), SP-342 (Mogi Guaçu/Águas da Prata), SP-344 (Aguaí/Vargem Grande do Sul), SP-350 (Casa Branca/São José do Rio Pardo) e SP-215 (Vargem Grande do Sul/Casa Branca), com extensão de 345,6 quilômetros. A concessionária administra as rodovias através do Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo.

A concessionária Intervias, por sua vez, é responsável por 380 quilômetros das rodovias SP-330 (Via Anhanguera); SP-147 (Deputado Laércio Corte); SP-147 (Engenheiro João Tosello); SP-147 (Monsenhor Clodoaldo de Paiva); SP-191 (Wilson Finardi); SP-215 (Vicente Botta); SP-215 (Dr. Paulo Lauro); SP-352 (Com. Virgolino de Oliveira); SPI 165/330 Contorno Gilberto Silva Telles e SPI 054/147 Anel Viário Prefeito Jamil Bacar. 

Confira as novas tarifas, que são válidas para veículos de passeio e, em caso de veículos comerciais, por eixo:




Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top