!


Temporal causa estragos e alagamentos pela cidade

Um temporal na tarde deste sábado, 26, causou alagamentos e estragos pela cidade. Queda de árvores, rompimento de fios de energia elétrica, destruição de muros, bairros sem energia e ruas interditadas foram alguns dos transtornos causados pela chuva intensa.

Com o grande volume de chuva em pouco tempo, Mogi Mirim registrou diversos pontos de alagamento, como, por exemplo, na Avenida Santo Antônio, no cruzamento da Rua Sete de Setembro com a Avenida Luiz Gonzaga de Amoedo Campos, e no acesso à Avenida Adib Chaib pela Rua do Mirante.

A força do vento também causou queda de árvores em diversas vias, como Rua do Tucura e as avenidas 22 e Outubro, na zona Norte, e Expedito Quartieri, na zona Leste, que chegou a ser interditada nos dois sentidos, uma vez que as árvores provocaram a queda de fios energizados no asfalto. Segundo a Defesa Civil, ocorrência semelhante ocorreu no bairro Chácaras Ipê, também na zona Leste, nas proximidades da Avenida dos Jacarandás e da Avenida das Cerejeiras. A Elektro foi acionada. Alguns bairros ficaram sem energia após o temporal. 

No Centro da cidade, queda de árvores também foram registradas, como no cruzamento das ruas Ulhôa Cintra e Acrísio da Gama e Silva. Um muro cedeu e caiu na Rua Paissandu. Árvores foram derrubadas nas praças Floriano Peixoto, o Jardim Velho, e Duque de Caxias. Diversos enfeites de Natal na Praça Rui Barbosa não resistiram à força da chuva. O prédio da Santa Casa de Misericórdia sofreu com infiltrações e pontos internos de alagamento em diferentes áreas, como recepção e setor de hemodiálise.

Circulam nas redes sociais imagens dos estragos causados em estabelecimentos comerciais, como supermercados, e na própria Santa Casa.


Avenida Expedito Quartieri foi uma das diversas vias de Mogi Mirim que registraram ocorrência de queda de árvores; neste caso, fiação elétrica também foi atingida (Foto: Defesa Civil Mogi Mirim)

Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top