!


Mogi Guaçu terá lockdown de 7 dias a partir da próxima terça-feira

A Prefeitura de Mogi Guaçu confirmou que irá decretar sete dias de lockdown. A medida vale a partir da madrugada da próxima terça-feira, dia 2 de março, e foi anunciada devido ao aumento no número de casos de Covid-19 e da alta taxa de ocupação de leitos de UTI em hospitais públicos e particulares da cidade.

Com isso, Mogi Guaçu endurece as medidas de restrição de circulação anunciadas na quarta-feira pelo Governo do Estado. Isso porque o lockdown consiste na proibição em tempo integral da circulação de pessoas e veículos em vias e espaços públicos, com exceção apenas a situações consideradas inadiáveis ou de urgência. 

Será permitido o deslocamento para aquisição de medicamentos, obtenção de atendimento ou socorro médico para pessoas ou animais, embarque e desembarque em terminais rodoviários, em situações que coloquem em risco a saúde, segurança ou subsistência, e para prestação de serviços específicos, permitidos pelo decreto, como atividade de segurança privada e de transporte individual.

Nesses casos, será obrigatória a apresentação, quando requerida pela fiscalização, de comprovação da urgência ou do cumprimento de alguma destas atividades liberadas, como prescrição ou nota fiscal de compra de remédios, atestado de comparecimento a unidade de saúde, passagem, entre outros.

Supermercados poderão atuar de portas fechadas com entrega a domicílio (delivery) e até 30% dos funcionários ou prestadores de serviços. Farmácias também poderão oferecer serviço de entrega neste mesmo formato. Postos de combustível, por sua vez, poderão trabalhar de segunda a sábado, das 8h às 20h. O transporte coletivo seguirá funcionando com lotação de até 30% em cada veículo. Serviços públicos essenciais, como fornecimento de água, energia elétrica, saneamento e coleta de lixo, seguem regulares. Serviços bancários de autoatendimento também serão permitidos durante o lockdown, sem assistência presencial, mediante observação de filas com espaçamento mínimo de 3 metros entre as pessoas.

O período de lockdown poderá ser estendido ou antecipado de acordo com a progressão dos números do novo coronavírus na cidade. Ele ficará em vigência, a princípio, até o dia 9 de março. Haverá multa para descumprimento de quaisquer determinações.

Nos últimos 15 dias, 816 novos casos da Covid-19 foram confirmados em Mogi Guaçu. A cidade contabilizou 23 mortos e aumento de mais de 34% na ocupação de leitos em unidades de terapia intensiva (UTI). 

Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top