!


Mogi Guaçu anuncia criação de auxílio emergencial

O prefeito Rodrigo Falsetti (Cidadania) encaminhou à Câmara Municipal na última sexta-feira, 30 de abril, projeto de lei que dispõe sobre a criação do programa Renda Guaçuana, de auxílio financeiro emergencial a famílias da cidade em situação de vulnerabilidade social.

O benefício, de R$ 150 mensais, terá duração de até 3 meses e será destinado a indivíduos ou núcleos familiares em situação de pobreza ou extrema pobreza inscritos no Cadastro Único até fevereiro deste ano. O recebimento de auxílio pago pelo Governo Federal ou Governo do Estado não será impeditivo para adesão ao programa municipal.

“Nossa expectativa é chegar a mais de 4 mil famílias de Mogi Guaçu, amenizando os impactos desta crise financeira gerada pela pandemia e assegurando condições básicas de subsistência nesse período tão difícil”, justificou o prefeito. “Isso representa também um estímulo à economia local, uma vez que esse dinheiro circulará pelo comércio da cidade”, complementou.

A concessão não poderá ser feita a mais de uma pessoa por família – e o pagamento será dirigido todo mês, preferencialmente à mulher responsável pelo núcleo familiar, já a partir do dia 25 de maio. O investimento total previsto pela Prefeitura para viabilização da proposta é de aproximadamente R$ 2 milhões.

“Encontramos uma situação financeira muito limitada e vamos precisar apertar ainda mais o cinto. Fazer mais com menos. Mas nossa prioridade nesse momento é garantir que a fome não bata à porta de nenhum morador em nossa cidade nessa hora de dificuldade”, reforçou o prefeito.

Construído em parceria e com apoio dos vereadores, o projeto de lei deve ser votado nesta segunda-feira. O trabalho de gerenciamento desta iniciativa será feito pela Secretaria Municipal de Promoção Social, que deverá publicar lista com os cadastrados que encontram-se aptos a solicitar sua adesão ao programa. “Não é necessário, neste momento, procurar a Secretaria de Promoção Social, nem os Centros de Referência da Assistência Social. Informaremos os procedimentos ao longo das próximas semanas”, explicou a secretária da pasta, Leila Ramos.

Prefeito Rodrigo Falsetti espera beneficiar cerca de 4 mil famílias guaçuanas com o benefício (Foto: Divulgação)

1 comentários:

  1. Ótimo trabalho! Parabéns pelp artigo, muito claro! Realmente estamos passando por dificuldades em todas as áreas. Mudando um pouco assunto, vou deixar esse link aqui para interessados em trabalho home office que realmente pode ser uma alternativa de emprego. Acesse o link com os depoimentos e informações. Link: http://mon.net.br/vrf1j

    ResponderExcluir

Scroll to top