A Comarca

GM terá carros iguais aos da ROTA

Os dois veículos alugados pela Prefeitura por R$ 220 mil e destinados à Guarda Civil Municipal (GCM) serão modelos Toyota/Hilux SW4, semelhantes aos utilizados pelas Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (ROTA), a polícia de elite da capital paulista. A informação foi revelada pelo vereador Manoel Palomino (PPS), que também pertence a corporação da GCM e saiu em defesa da locação das viaturas.

“A pessoa que não entende de segurança pública não dá o devido valor”, argumentou Palomino. O vereador explicou que o modelo Hilux SW4 é ideal para o serviço tático da GCM, que precisa trabalhar com armas de grosso calibre. Os carros serão utilizados pelas Rondas Ostensivas Municipais (ROMU) e pelo Canil da Guarda Municipal.

Palomino também acha adequado o modelo de locação utilizado pela Prefeitura. “A empresa vai fornecer as viaturas devidamente equipadas”, lembrou o vereador, o que justificaria o valor de R$ 220 mil. Para bancar o aluguel, a GCM devolveu dois VW/Gol e duas GM/S-10 que estavam à disposição da corporação. A VW/SpaceFox atualmente utilizada pela ROMU voltará a ser uma viatura comum.

Modelo Toyota/Hilux SW4, adotado em Mogi,  já é utilizado pela polícia de elite de São Paulo (Divulgação)

A Prefeitura se manifestou sobre o assunto afirmando que o valor do contrato está “condizente com o mercado”, alegando que a Guarda Municipal de Sorocaba já conta com veículos semelhantes locados por aproximadamente o mesmo valor. Além disso, o Governo Municipal acredita que as novas viaturas devam contribuir para que a GCM combata a criminalidade em Mogi Mirim.

A Administração Municipal lembrou que o contrato de locação prevê que a empresa realize rodízio de pneus a cada cinco mil quilômetros rodados e revisão a cada 10 mil quilômetros. “Outra vantagem é ter a frota renovada periodicamente, além de reduzir a burocracia e ineficiência do poder público”, defendeu a Prefeitura. O aluguel dessas viaturas vale por um ano. Além dos novos carros, que devem ser entregues até dezembro, a Guarda Civil Municipal possui mais seis viaturas em sua frota.

INVESTIGAÇÃO
O promotor Rogério Filócomo Júnior abriu um inquérito civil para investigar a razão pela qual a Prefeitura vai gastar R$ 18,4 mil ao mês para o aluguel das novas viaturas da GCM. Isso porque existem modelos semelhantes mais baratos, como a Renault/Duster, conforme A COMARCA informou em edição publicada no dia 31.

De acordo com o Ministério Público, a contratação desses novos carros pode configurar improbidade administrativa. A secretária de Segurança Pública Beatriz Gardinali será notificada para prestar esclarecimentos.

Por Flávio Magalhães
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp