A Comarca

Sem apoio, Maria Helena desiste de pré-candidatura

Sem conseguir viabilizar alianças para indicação de um pré-candidato a vice-prefeito, a vereadora Maria Helena Scudeler de Barros (PSB) confirmou à imprensa na segunda-feira, 11, que desistiu da corrida eleitoral deste ano. Na ocasião, rechaçou até uma reeleição à Câmara Municipal, embora o PSB trabalhe para fazê-la mudar de ideia quanto ao Legislativo.

Na semana passada, A COMARCA noticiou com exclusividade a tentativa de união entre o PSB e outros partidos com o PMDB de Ricardo Brandão. Nesse caso, Maria Helena abriria mão de encabeçar a chapa e seria vice do ex-prefeito. Essa sugestão foi recusada pelos membros da legenda socialista, em reunião no último sábado, 09.

Já no domingo, 10, foi fortemente trabalhada a união com o PT, indicando Ernani Gragnanello como vice de Maria Helena. Mas a ideia também não agradou a militância do PSB. “Há muita resistência, não ao Ernani, mas ao partido dele, e isso dividiria o nosso partido”, explicou o presidente da sigla socialista, Massao Hito. “Se unido já é difícil, dividido é impossível”, argumentou.

Essa foi a gota d’água que colocou um ponto final na pré-candidatura de Maria Helena. Anteriormente, houve tentativas frustradas de compor uma chapa com Robertinho Tavares (PEN) e com Cinoê Duzo (PSB). Ambos preteriram essa possibilidade para disputar uma vaga ao Legislativo no pleito de outubro.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp