A Comarca

Carlos Nelson prevê que sofrerá mais ataques

O pré-candidato a prefeito Carlos Nelson Bueno (PSDB) foi o alvo de uma panfletagem anônima e difamatória na madrugada do sábado passado, 23, quando a cidade amanheceu forrada desses materiais. Procurado por A COMARCA, o ex-prefeito demonstrou tranquilidade, mas previu que os ataques contra sua candidatura devem se intensificar até a eleição.

“Isso é nefasto sob todos os aspectos”, condenou Carlos Nelson. “E me deixa triste, porque a gente torce para que o debate eleitoral amadureça e ações como essa deseducam o eleitor”, avaliou, durante conversa na tarde de sexta-feira, 29, com a reportagem de A COMARCA em seu escritório político.

“A maldita cultura política no Brasil é essa”, lamentou o tucano. “O sujeito vai para as sombras, se esconde, e faz um papel desses, emporcalhando a cidade”, criticou. Carlos Nelson disse ainda que esse tipo de ação não é novidade para ele, que já sofreu ataques em outras oportunidades de alguns de seus adversários atuais.

No entanto, o pré-candidato ao Executivo garantiu que esse tipo de difamação não o afeta. “As pessoas que têm o mínimo de bom senso não aceitam esse tipo de coisa”, declarou. O tucano disse que já orientou os membros de sua campanha e presidentes de partidos aliados a ignorarem fatos como esse.

O próprio Carlos Nelson disse que só ficou sabendo da panfletagem pelos jornais. “Não leio e não quero ser informado sobre isso”, reforçou. “Minha recomendação a todos, encarecidamente, é que não comentem, porque isso não merece resposta”, completou.

VICE
A pré-campanha de Carlos Nelson foi vítima de outro duro golpe. Uma intervenção estadual tirou o Solidariedade (SD) da aliança tucana e jogou no colo do PMDB de Ricardo Brandão. Com isso, a ginecologista Lúcia Tenório, o nome mais popular da legenda, foi impedida de ser vice-prefeita na chapa do PSDB.

“Não foi um ato partidário, foi um ato eleitoral, e isso é gravíssimo, porque foi uma atitude que vai afetar o resultado da eleição”, comentou Carlos Nelson para A COMARCA. “Porque se eu tenho dois vices distintos (Lúcia e Orivaldo Magalhães), os resultados que eles oferecem são também distintos”, explicou.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp