A Comarca

O futuro da indústria nas mãos da Etec

Mogi Mirim está próxima de ser a protagonista brasileira da 4ª Revolução Industrial. Isso depende do sucesso de uma parceria que tem a Escola Técnica Estadual (Etec) “Pedro Ferreira Alves” como peça principal do quebra-cabeças da chamada Indústria 4.0 – ou “Indústria do Futuro” –, que pretende mudar o modelo de produção das fábricas como o conhecemos hoje.

Na semana passada, um consultor do Ministério da Educação da Alemanha esteve na Etec mogimiriana. Dr. Jörg Reiff-Stephan, professor da Universidade Wildau de Ciências Aplicadas conheceu as dependências da escola e assinou um protocolo de intenções juntamente com o diretor da Etec, André Luiz dos Santos, e com o diretor da Faculdade de Tecnologia (Fatec) “Arthur de Azevedo”, André Giraldi.

A intenção é uma parceria entre Etec, Fatec e a universidade alemã, com o objetivo de proporcionar um intercâmbio de conhecimentos entre alunos e professores. O foco é o aprimoramento sobre a Indústria 4.0 e a 4ª Revolução Industrial. “O professor Jörg ficou impressionado com o que nós temos”, relatou o diretor da escola técnica.

Não é para menos. De acordo com Santos, o laboratório de manufatura da “Pedro Ferreira Alves” está avaliado em R$ 1,5 milhão. É a única unidade escolar dentre as 220 Etecs e 66 Fatecs administradas pelo Centro Paula Souza que possui uma célula composta por equipamentos de ponta. “Ninguém tem algo parecido com a Etec Mogi Mirim, quem chega próximo é a USP (Universidade de São Paulo)”, comparou o diretor.

Tamanha tecnologia atraiu a Festo, empresa com matriz na Alemanha e presente no Brasil desde 1968 e líder nacional em automação industrial. Ela era velha conhecida da Etec desde projetos desenvolvidos anteriormente, em conjunto. Agora, os empresários alemães querem fechar uma nova parceria para o uso do laboratório de manufatura da Etec, o único do Brasil capaz de se transformar em um polo tecnológico com um investimento considerado muito baixo, na ordem dos R$ 50 mil.

Mas quem sai ganhando com essa parceria? Tecnicamente, todos. “Os benefícios ultrapassam os muros da Etec”, resumiu Santos. Etec e Fatec, ao integrar seus equipamentos, se transformam em um Polo de Manufatura Avançada do Estado de São Paulo. Empresas da região poderão capacitar aqui seus funcionários para a Indústria 4.0 e a Festo larga na frente na automação industrial da 4ª Revolução.

O diretor da Etec, André Luiz dos Santos, e o professor Jörg, consultor do Ministério da Educação da Alemanha

ENCAMINHADO
O projeto foi levado em segredo na Etec durante alguns meses. Antes de tornar pública a boa nova, o diretor André Luiz dos Santos quis garantir para Mogi Mirim o posto de polo tecnológico do estado. Para isso, convocou o prefeito Carlos Nelson Bueno (PSDB), a secretária municipal de Educação Flávia Rossi e o deputado estadual Barros Munhoz (PSDB) numa força-tarefa para que o projeto de parceria com a Festo fosse apresentado com ainda mais peso ao Centro Paula Souza.

Santos agora aguarda a palavra final da diretora-superintendente do Centro, professora Laura Laganá. Enquanto isso, o diretor continua angariando apoio. Na última segunda-feira, 13, detalhou o projeto aos vereadores da Câmara de Mogi Mirim. Deve fazer o mesmo com empresários da região. Não só a Festo, mas a Mitsubishi também já demonstrou interesse em investir na Etec. “Pode ser uma luz muito forte no fim deste túnel”, frisou Santos.

TRANSFORMAÇÃO
Assim que o Centro Paula Souza bater o martelo, Etec e Fatec vão precisar se preparar. Capacitações nacionais e internacionais dos professores já estão programadas. A matriz curricular das unidades de ensino também precisará passar por uma revisão e se adequar ao conceito de manufatura avançada.
Em setembro passado, uma capacitação sobre a Indústria 4.0 já foi ministrada pela Festo, em parceria com Etec e Fatec de Mogi Mirim, para as escolas técnicas de Amparo, Itapira e Mogi Guaçu. Em março deste ano, o 2º Simpósio de Iniciação Científica também deve ser realizado com base nesses conceitos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp