A Comarca

Mogi Mirim é o pior time da Série C

Nenhum time está tão mal no Campeonato Brasileiro da Série C quanto o Mogi Mirim Esporte Clube. A nada honrosa marca foi confirmada após o Sapão da Mogiana amargar a terceira derrota em quatro jogos válidos pela terceira divisão do futebol nacional. Dessa vez, o revés foi em pleno estádio “Vail Chaves”, ao perder de 4 a 2 para o Bragantino.

Ao lado do Cuiabá (MT), o clube mogimiriano é o único que ainda não sabe o que é vencer no Brasileirão da Série C. No entanto, o time matogrossense, lanterna do Grupo A, já soma três pontos até aqui. Já o Mogi Mirim continua com um único ponto na tabela de classificação, sendo o lanterna do Grupo B e sério candidato ao rebaixamento.

O JOGO
O Bragantino começou jogando na base da pressão na tarde do último sábado, 03. Abriu o placar no estádio “Vail Chaves” logo aos cinco minutos. O lateral Bruno Oliveira cobrou falta na frente da área com perfeição, acertando o ângulo do goleiro Poti. Antes disso, o Braga já tinha dado duas pontadas no ataque.

O segundo gol não demorou a sair. Aos 14 minutos, após troca de passes no ataque, Vitor pegou a bola e cortou de um lado para outro. Depois soltou uma bomba e acertou o ângulo de Poti: 2 a 0. Aos poucos, porém, o Mogi Mirim também chegou ao ataque.

Aos 27 minutos, Régis recebeu a bola sozinho na grande área, mas virou e chutou para fora. O visitante respondeu aos 31 minutos, quando Pitio fez bom passe para Wellington, que driblou dois adversários e bateu forte, porém, para fora. De tanto insistir com chutes de longe, o Mogi Mirim diminuiu aos 40 minutos. Régis chutou sem força, mas o goleiro Rafael Pascoal demorou para cair na bola: 2 a 1.

O Sapão voltou mais ligado no segundo tempo e contou com a ajuda do árbitro que viu um empurrão de Bruno Oliveira sobre Lessinho dentro da área; pênalti. Na cobrança, Rodrigo bateu forte e empatou: 2 a 2, já aos três minutos.

O jogo ficou aberto e tudo poderia acontecer. Time mais técnico e mais bem organizado, o Bragantino fez o terceiro gol aos 37 minutos por Anderson Ligeiro. Ele recebeu a bola na grande área, fez o corte no adversário e bateu cruzado.

Os últimos minutos foram de desespero para o Sapão em busca do empate. No contra-ataque, o Braga matou o jogo com Felipe Silva, aos 47 minutos: 4 a 2. Agora, o Mogi Mirim vai até o Sul do Brasil para enfrentar o Ypiranga, da cidade de Erechim (RS), amanhã, a partir das 15 h. (com informações do Portal Futebol Interior)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp