A Comarca

Multidão acompanha missa de Corpus Christi

Por Flávio Magalhães

A comunidade católica de Mogi Mirim celebrou unida na manhã da última quinta-feira, 15, o dia de Corpus Christi, oportunidade em que solenemente a Igreja comemora o chamado Santíssimo Sacramento da Eucaristia.

A programação foi realizada em conjunto entre as sete paróquias da cidade (São José, Santa Cruz, São Benedito, Senhor Bom Jesus, Imaculada Conceição, São Joaquim e Sant’ana e São Pedro), que optaram por uma missa única, que teve início logo às 08 horas da manhã.

As baixas temperaturas registradas em Mogi Mirim desde de o final de semana passado não espantaram os fiéis, que compareceram em peso na Praça Duque de Caxias, em frente à Igreja de São Benedito, para acompanhar a missa campal realizada pelo bispo da diocese de Amparo, Dom Luiz Gonzaga Fechio.

Dom Luiz Gonzaga presidiu a missa acompanhado dos sacerdotes da diocese

Os católicos também abraçaram a causa do movimento em solidariedade à Santa Casa de Misericórdia. Diversos donativos foram arrecadados em prol do hospital, a partir de um pedido conjunto dos sacerdotes para que os fiéis doassem gêneros alimentícios e produtos de limpeza. Entre os produtos objeto de doação estavam leite, bolacha água e sal, bolacha de amido, gelatina, pó de café, amido de milho, chá, detergente e água sanitária.

Com a benção de Dom Luiz Gonzaga e dos padres Nelson, Charles, André, Alexandre e Francisco, além dos freis Cristiano, Paulo e França, a comunhão foi dada ao numeroso público presente na Praça Duque de Caxias. Em seguida, o Santíssimo Sacramento da Eucaristia seguiu em procissão pelas ruas centrais.

De acordo com a tradição católica, a data de Corpus Christi é a única em que o Santíssimo sai das igrejas para a procissão. Uma corrente de orações e de cantos de louvor se formou pelas principais vias de Mogi Mirim, pelo Jardim Velho, até chegar na Praça Rui Barbosa, onde outras centenas de fiéis aguardavam o cortejo religioso.

O Santíssimo foi colocado em um altar preparado nas escadarias da Igreja Matriz de São José. No chão da praça era possível notar o resquício de uma tradição católica que há muito não se via em Mogi Mirim: os tapetes coloridos, feitos de serragem e flores. Já no final da manhã, Dom Luiz Gonzaga deu a benção final aos fiéis, encerrando a celebração.

Encerramento da celebração se deu nas escadarias da Igreja Matriz de São José

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp