!


Fatec busca apoio para projeto de internacionalização

A Faculdade de Tecnologia (Fatec) “Arthur de Azevedo” reuniu na tarde de quinta-feira, 24, empresários e representantes do Centro Paula Souza (a autarquia paulista responsável pelas Fatecs e Etecs) para anunciar e buscar apoio para o seu projeto de internacionalização de estudantes.

“O objetivo da Fatec é a mão de obra de excelência, mas para isso é interessante a internacionalização”, destacou o diretor da unidade, André Giraldi. Durante o encontro, foi detalhada a parceria da Fatec Mogi Mirim com quatro instituições estrangeiras de ensino superior, sendo duas na Alemanha, uma na Espanha e outra nos Estados Unidos.

Professores e coordenadores da Fatec estão programando para março de 2018 uma visita pedagógica para a Joliet Junior College, universidade próxima a Chicago, nos Estados Unidos, que mantém um programa de internacionalização iniciado no governo do ex-presidente Barack Obama. Foi o que possibilitou alunos e professores dessa instituição a visitarem a Fatec Mogi Mirim em anos anteriores.

Para a visita pedagógica ao país norte-americano, a Fatec planeja levar dez estudantes. O custo dessa viagem seria de US$ 3.492 (equivalente a R$ 11 mil, atualmente). É aí que entra o apoio de empresas. Duas já anunciaram ajuda: a mogimiriana Marangoni e a Amercian College Testings (ACT), uma organização dedicada a ajudar as pessoas no alcance do sucesso na educação e no mercado de trabalho, com sede em Iowa, nos Estados Unidos, e reconhecida como líder americana em testes de prontidão profissional e admissão universitária.

A assessora de Relações Internacionais do Centro Paula Souza, professora Marta Iglesis Farrero, presente na ocasião, aprovou o projeto da Fatec Mogi Mirim. “Nós precisamos nos comunicar a nível mundial, precisamos trocar conhecimento. Vamos investir nesses meninos, pois serão os futuros colaboradores das empresas da região”, destacou.




Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top