A Comarca

Plantão Eletrônico anuncia mudanças

A partir deste sábado, 1º, o Plantão Eletrônico incorpora algumas mudanças, sendo a principal delas a identificação dos autores de cada mensagem. O formulário no site do jornal (www.acomarca.com.br) já foi atualizado com a nova regra. As atualizações coincidem com o aniversário de 25 anos da coluna.

O Plantão Eletrônico foi criado em 1993 pelo então diretor de A COMARCA, Ricardo Piccolomini de Azevedo, com a principal missão de expressar a insatisfação da população com os serviços da cidade, principalmente os públicos. As mensagens, antes registradas por uma secretária eletrônica (por isso o nome da coluna), passaram a ser recebidas também pelo portal de A COMARCA na internet, no ar desde 1997.

“Numa época em que a internet era pouco popular e as redes sociais sequer existiam, o Plantão Eletrônico canalizava muitas denúncias da população, o que justificava o anonimato das mensagens”, explica o editor-chefe de A COMARCA, Flávio Magalhães. “Hoje, a coluna tem um aspecto muito mais opinativo, revelando as impressões do mogimiriano sobre os mais diversos temas”, completa o jornalista.

Segundo o diretor de A COMARCA, Gilmar Bueno de Carvalho Júnior, a mudança segue o padrão dos jornais de maior circulação do país, como Folha de S.Paulo e O Globo. “É comum nos veículos de imprensa um espaço dedicado à interatividade com o público. O Plantão Eletrônico manterá essa tradição de dar voz ao leitor, mas agora nos mesmos moldes dos grandes jornais”, destacou.

O diretor de A COMARCA ainda ressaltou que a novidade traz ainda mais credibilidade ao centenário periódico mogimiriano. “As críticas de nossos leitores terão mais peso. Não é apenas a opinião do jornal que importa, a da população é tão importante quanto. E com o Plantão Eletrônico, nossos leitores vão ajudar a construir um espaço cada vez mais plural e analítico. Todos vão sair ganhando”, frisou.

REGRAS
Para contribuir com a coluna, basta acessar o site de A COMARCA e, na seção “Plantão Eletrônico”, preencher o formulário incluindo dados como nome e profissão. As assessorias de comunicação de órgãos citados na coluna também podem responder a eventuais críticas e sugestões pelo mesmo formulário.

Algumas regras antigas continuam valendo. Textos excessivamente longos podem ser editados para se adequarem à página. Acusações pessoais e difamantes serão vetadas. Já as mensagens sem identificação do autor não serão publicadas.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp