A Comarca

Fundo Social recebe inscrições para cursos gratuitos de alimentos e cuidado com idosos

Da Redação
Desde segunda-feira, 23, o Fundo Social de Mogi Mirim recebe as inscrições para dois cursos gratuitos do Projeto Técnico Social (PTS). As aulas começam em outubro, sendo no dia 1º o início da oficina de Aproveitamento Integral dos Alimentos, enquanto o curso básico Cuidado de Idosos está agendado para o dia 24. Os interessados deverão se inscrever no Fundo Social, localizado à Avenida Adib Chaib, 2.250, no Espaço Cidadão, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 16h, local onde também serão realizadas as atividades. 
Uma das oficinas será de Aproveitamento Integral dos Alimentos (Foto: Secretaria de Relações Institucionais)
As aulas do curso de alimentos serão às terças e quintas-feiras, das 13h30 às 16h30. Já os cuidadores de idosos terão encontros às quintas e sextas-feiras, das 13h30 às 16h30. Em ambos os casos, os interessados devem ter 18 anos e Ensino Fundamental completo. Todos os alunos receberão certificados.
A iniciativa faz parte do convênio firmado com o Governo Federal devido às obras realizadas pelo Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae), financiadas com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Em Mogi Mirim, a ação é executada por meio de uma parceria entre o Fundo Social, Banco de Alimentos e o Senac de Mogi Guaçu.

CURSOS
O curso de Aproveitamento Integral de Alimentos foi estruturado com o objetivo de possibilitar ao profissional, dentre as várias atividades, otimizar os aspectos nutricionais e controle do desperdício nas preparações culinárias. A programação abordará as vantagens nutricionais e econômicas dos alimentos, função e classificação, além das técnicas de pré-preparo e preparo, dentre outros, bem como o reconhecimento das safras de frutas e hortaliças e a diferenciação entre alimentos orgânicos e convencionais.
No programa Cuidado de Idosos, os alunos receberão informações a respeito dos cuidados com a pele, mucosas, glândulas, pelos, unhas, dentes, higiene e autocuidado, riscos de acidentes domésticos, como quedas e queimaduras, necessidades nutricionais e as mudanças no corpo, e medicamentos (compras, armazenagem e administração).

Aplicada desde outubro de 2017, a iniciativa já levou para os moradores das zonas Norte e Leste uma série de cursos, palestras e oficinas de variados temas, com base nas necessidades apontadas pela própria comunidade. Dentre os objetivos, o projeto visa criar oportunidades de geração de renda, aumentando as chances de empregabilidade.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp