A Comarca

Quem quer ser prefeito de Mogi Mirim?

Flávio Magalhães

Após o Congresso Nacional confirmar o adiamento das eleições e de alguns prazos do calendário eleitoral, os pré-candidatos a prefeito de Mogi Mirim ganharam mais tempo para definir suas articulações e alianças para o pleito de novembro. Até o momento, são nove possíveis “prefeituráveis” na disputa.

Recentemente, houve movimentações importantes. O PL, atualmente presidido pelo vereador Robertinho Tavares, decidiu que irá apoiar Danilo Zinetti (PSD) para a Prefeitura. Robertinho havia recebido outras propostas nos últimos meses, inclusive para ser candidato a vice-prefeito na chapa de André Mazon (PTB), seu colega de Legislativo.

No entanto, Robertinho deve mesmo tentar a reeleição nas próximas eleições. O apoio do PL a Zinetti significa também a desistência da cirurgiã dentista Juliana Mestriner em disputar o Executivo municipal. Ela estava trabalhando numa pré-candidatura desde o ano passado, mas acabou não concretizando a intenção de se candidatar ao cargo.

Ainda na oposição, o grupo político no entorno do ex-prefeito Paulo Silva (PDT) está em compasso de espera. Uma definição com base em pesquisas deve ser tomada nas próximas semanas. Inicialmente, a ideia era que Paulo Silva pudesse compor como vice do ex-vereador Luiz Guarnieri (PSB), mas o pedetista recuou.

Antes resistente à ideia de ser candidato quase 16 anos depois de deixar a Prefeitura, Paulo Silva tem sido convencido por aliados a encabeçar uma chapa que pode agregar partidos como PT, PSB e o MDB da vereadora Maria Helena Scudeler de Barros, potencial candidata a vice nesse cenário.

Pelo grupo da situação, reina a pré-candidatura de Carlos Nelson Bueno (PSDB) à reeleição, vista como natural. O prefeito tem evitado se posicionar como pré-candidato, de fato, mas já tem o apoio do DEM, presidido pelo advogado Thiago Toledo, e do Cidadania, do vereador Gerson Rossi Júnior.

Os pré-candidatos a prefeito de Mogi Mirim

ALOÍSIO BUENO (PSL)
O empresário de 52 anos busca viabilizar sua candidatura com o apoio de caciques do PSL, como o senador Major Olímpio e o deputado federal Junior Bozzella

ANDRÉ MAZON (PTB)
Decidido a não disputar uma reeleição na Câmara Municipal, o vereador quer a cadeira de chefe do Executivo e já tem o apoio de PSC e Patriota
CARLOS NELSON BUENO (PSDB)
Candidato natural à reeleição, o prefeito Carlos Nelson já tem o apoio declarado do Democratas e do Cidadania e espera arregimentar outros partidos
DANILO ZINETTI (PSD)
Ex-secretário de Governo de Carlos Nelson Bueno, Zinetti é visto como potencial candidato a prefeito desde que rompeu com a Administração Municipal, no ano passado
ELIAS AJUB (REPUBLICANOS)
Terceiro colocado nas eleições de 2016, Ajub procura manter o apoio do segmento evangélico e não deve abrir mão de encabeçar uma chapa ao Executivo
LUIZ GUARNIERI (PSB)
O ex-vereador e ex-presidente da Associação Comercial e Industrial de Mogi Mirim (Acimm) chegou a lançar sua pré-candidatura, mas hoje está em ‘compasso de espera’
LUIZ HENRIQUE DE OLIVEIRA (PRTB)
Ainda no ano passado, o cartola do Mogi Mirim Esporte Clube se colocou como pré-candidato, segundo ele, por influência do presidente nacional do PRTB, Levy Fidélix
PAULO SILVA (PDT)
O ex-prefeito chegou a ser pré-candidato a vice de Luiz Guarnieri, mas resolveu recuar. Aliados querem que Paulo Silva encabece a chapa, que pode agregar PT, PSB, MDB e outros.
RICARDO BRANDÃO (PODEMOS)
Primeiro a se lançar pré-candidato ao Executivo, com 22 meses de antecedência das eleições, o ex-prefeito já tem em sua base de apoio a Rede e o Avante.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp