!


Em dia do goleiro Fabrycio, Mogi Mirim perde para o São Carlos em estreia

Em sua reestreia no Campeonato Paulista, depois de ficar de fora em 2019 e 2020, o Mogi Mirim foi derrotado por 1 a 0 pelo São Carlos na manhã deste domingo, no Estádio Municipal Professor Luiz Augusto de Oliveira, na cidade que dá nome ao clube. A partida foi válida pela primeira rodada do Grupo 3 da Segunda Divisão do Paulista, a Bezinha.

O goleiro Fabrycio foi o grande destaque do jogo. Além de grandes defesas, ainda iniciou as principais jogadas do São Carlos.

O time da casa abriu o placar no início do jogo e, depois, contou com grande atuação de Fabrycio para segurar a vitória.

Logo aos 4 minutos do primeiro tempo, Fabrycio disparou um tiro para a frente e, após um desvio de cabeça, a bola sobrou para Junio, que foi derrubado na área pelo zagueiro Maycon. Na cobrança do pênalti, aos 6 minutos, Gabriel Zanini bateu entre o meio do gol e a esquerda do goleiro Alemão, que pulou para o canto direito defensivo do Mogi Mirim: 1 a 0.

Na sequência, o que se viu foi um amplo domínio mogimiriano, com os lances de maior perigo em tiros de fora da área. Em um destes arremates, aos 16, Lucas bateu cruzado, no canto direito do goleiro, que se esticou e mandou para escanteio.

Aos 25, Willian tocou da esquerda para João, que girou sobre o marcador na área e arrematou para nova defesa de Fabrycio.

Na segunda etapa, o Mogi continuou com maior volume de jogo.

Ao13 minutos, em uma disputa aérea, após cobrança de escanteio de Sorriso, do Mogi Mirim, Marco Antônio, do time de casa, bateu a cabeça e foi conduzido a uma ambulância. Aos 19, o jogo foi reiniciado.

O Sapo voltou a levar perigo aos 30, em arremate de fora da área de Gabriel Biteco, que acertou a trave esquerda do goleiro. Aos 43, em outro chute de fora da área, Erick bateu forte e Fabrycio saltou para fazer grande defesa e mandar a bola por cima do travessão.

Aos 50, o São Carlos teve uma chance de perigo, novamente iniciada pelo goleiro Fabrycio, que bateu tiro de meta, a bola foi desviada de cabeça e sobrou para Vitor, que invadiu a área e finalizou, mas o chute desviou na defesa e saiu para escanteio. Três minutos depois, Fabrycio fez lançamento de longa distância, a defesa do Mogi falhou e Renan, do lado direito do ataque, teve boa oportunidade para marcar, mas o tiro cruzado saiu à esquerda do gol de Alemão. Na sequência, o Sapo teve a última chance de empatar, em cabeceio de Danilo, que passou à direita do arqueiro dos donos da casa.

Com a derrota, o Mogi Mirim amarga a lanterna do Grupo 3 e volta a jogar na quarta-feira, às 15h, diante do Rio Branco, no Estádio Vail Chaves. O time de Americana venceu o Grêmio São-Carlense por 2 a 1, no sábado, e lidera a chave.




Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top