!


Mogi Mirim vence Rio Branco e é o 3º colocado do Grupo 3

Em jogo de fraco nível técnico, o Mogi Mirim venceu o Rio Branco por 1 a 0 na tarde desta quarta-feira, no Estádio Vail Chaves, pela segunda rodada do Grupo 3 da Segunda Divisão do Campeonato Paulista, a Bezinha. Com a vitória, a primeira na competição, o Mogi sobe da lanterna para a terceira colocação, com três pontos, e está na zona de classificação, pois avançam para as oitavas de final os três primeiros colocados de cada um dos cinco grupos e o melhor quarto colocado.

Os dois times começaram a partida buscando tocar a bola no campo de ataque. Embora jogando fora de casa, o Rio Branco impunha um maior volume de jogo, mas sem transformá-lo em oportunidades claras de gol. 

Aos 15 minutos, o Mogi fez uma substituição em virtude da contusão do centroavante Erick. Em seu lugar, entrou William.

O Sapo assustou o Rio Branco em lance de bola aérea. Após cobrança de falta da direita, Negueba cabeceou e o goleiro Felipe espalmou.

Enquanto o Rio Branco não conseguia aproveitar seu maior volume de jogo na primeira etapa, o Sapo abriu o placar aos 44 minutos, com Carlos.

De uniforme branco, Mogi Mirim derrotou o Rio Branco por 1 a 0, na tarde desta
 quarta-feira, no Estádio Vail Chaves (Foto: Diego Ortiz/A COMARCA)


Na segunda etapa, o Rio Branco levou perigo aos 11 minutos, com Bruninho, que apareceu livre na área pela esquerda e arrematou cruzado, com a bola passando à esquerda do goleiro Alemão. 

Aos 15 minutos, após cobrança de escanteio, o Mogi voltou a marcar, com Maycom, de cabeça, mas a arbitragem assinalou irregularidade e anulou o tento do Sapo, para revolta dos jogadores do time da casa.

O ritmo da segunda etapa passou a ficar mais intenso, com disputas de bola mais ríspidas. Em busca do empate, o Rio Branco não conseguia furar o bloqueio do Mogi Mirim, que buscava chegar com velocidade nos contragolpes.

Aos 22 minutos, houve confusão entre os jogadores dos dois times e o volante Bolt, do Mogi Mirim, e o zagueiro Casão, do Rio Branco, receberam o cartão amarelo.

Aos 30, o zagueiro Negueba recebeu o segundo cartão amarelo após cometer falta em Bruninho e foi expulso.

Com um jogador a menos, o Mogi se segurou atrás para garantir a primeira vitória na competição. 

O Rio Branco ainda teve uma oportunidade de empatar aos 40 minutos, com Yago que apareceu com perigo na área pela direita e arrematou cruzado, com a bola saindo à direita de Alemão.

O Mogi Mirim volta a jogar no próximo domingo, às 10h, diante da Itapirense, novamente no Vail Chaves. A Itapirense perdeu nesta quarta-feira, em casa, para o São Carlos por 2 a 1 e ocupa a penúltima colocação, com um ponto.

Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top