!


Monsenhor Paiva será sepultado nesta sexta-feira, na Igreja Santa Cruz

O Monsenhor Clodoaldo de Paiva, falecido nesta quinta-feira, aos 93 anos de idade, será sepultado na sexta-feira, na Igreja Santa Cruz, no templo o qual ajudou a construir e na paróquia em que serviu por grande parte de seu sacerdócio.

Segundo informações divulgadas pela Diocese de Amparo, a chegada do corpo está prevista para 6h, na Igreja Matriz da Paróquia Santa Cruz. A missa de corpo presente será em seguida, a partir das 8h. Já a missa exequial (honras fúnebres) foi marcada para às 14h. O sepultamento será logo após a missa.

Padre Paiva será sepultado em uma cripta, na Igreja Santa Cruz, como desejava. O sacerdote atuou por 48 anos como pároco e foi o primeiro vigário da Paróquia Santa Cruz. A história de vida do Monsenhor Clodoaldo de Paiva se entrelaça com a da própria paróquia.

“O povo de Mogi não tem igual. É maravilhoso. Olha essa igreja! O povo que fez. Fui muito feliz aqui”, declarou Padre Paiva em entrevista à jornalista Ana Paula Meneghetti, publicada pelo jornal A COMARCA em 2019, por ocasião do Jubileu de Diamante da Paróquia Santa Cruz.

Padre Paiva faleceu na manhã desta quinta-feira, após um forte mal-estar na noite anterior. Internado no Hospital 22 de Outubro, ele não resistiu. Ele foi diagnosticado com um tumor no estômago, já em estágio avançado. Mogi Mirim decretou luto oficial de três dias pela morte do religioso.

“O povo de Mogi não tem igual. É maravilhoso. Olha essa igreja! O povo que fez. Fui muito feliz aqui”, declarou Padre Paiva, em entrevista para A COMARCA, em 2019 (Foto: Arquivo/A COMARCA)

Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top