!


Mogi perde do Independente e desce para o penúltimo lugar

O Mogi Mirim foi derrotado pelo Independente por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, no Estádio Municipal Comendador Agostinho Prada, em Limeira, pela quarta rodada do Grupo 3 da Segunda Divisão do Campeonato Paulista Sub-23, a Bezinha, o quarto patamar estadual. Com o resultado, o Mogi caiu da terceira para a penúltima colocação, com 4 pontos.

O Independente foi superior e construiu a vitória com jogadas de talento de Wellington e Pedrinho. Com um futebol mais envolvente, os donos da casa conseguiram criar jogadas baseadas no toque de bola. Já o Mogi Mirim chegava mais com bolas levantadas na área.  

Os dois times começaram o jogo buscando o ataque. O Mogi Mirim trabalhava mais as jogadas pelo lado direito, com o lateral Lucas e o meio-campista Sorriso, que também atua como lateral-direito e jogou caindo por este setor.

A primeira grande oportunidade de perigo do jogo foi do Mogi Mirim. Aos 10 minutos, após cruzamento da direita de Sorriso, Ronaldo, capitão do Independente, acabou tocando na própria trave, com a bola saindo para escanteio.

Aos 16 minutos, o Independente abriu o placar. Wellington, demonstrando visão de jogo privilegiada, deu passe açucarado para Reinaldo, que infiltrou na área pela esquerda e finalizou cruzado para vencer o goleiro Alemão.

O Independente voltou a levar perigo aos 26. Em jogada bem trabalhada, com rápida troca de passes, Joãozinho ajeitou para Matheus Oliveira soltar um tiro de fora da área, que passou por cima da meta do arqueiro do Sapo.

O Mogi Mirim voltou mais ofensivo do intervalo. O técnico André Alves colocou o meia Gabriel Biteco no lugar do zagueiro Negueba.

Aos 3 minutos da segunda etapa, o Independente marcou um golaço. Novamente, Wellington foi o autor da assistência, desta vez de cabeça. Pedrinho recebeu, dominou invadindo a área, se livrou com categoria de Lucas, que caiu ao tomar o drible, e tocou na saída do goleiro, acertando o canto esquerdo do arqueiro do Sapo: 2 a 0.

Aos 15 minutos, o árbitro Rogério Adalberto da Silva assinalou toque de mão de Paulo César na bola dentro da área defensiva dos donos da casa. Na cobrança de pênalti, aos 17, João Paulo bateu no canto esquerdo do goleiro Romário, que pulou para o lado contrário: 2 a 1.

O Independente, que vinha de três empates consecutivos, ultrapassou o Mogi Mirim ao subir da quarta para a terceira colocação, com seis pontos, e agora é o único invicto do Grupo 3.

O Sapo volta a jogar no próximo domingo, às 10h, no Estádio Vail Chaves, diante do Grêmio São-Carlense, pela quinta rodada, a última do primeiro turno. O São-Carlense venceu a Itapirense por 1 a 0 nesta quarta-feira, em São Carlos, e ocupa a quarta colocação, com cinco pontos.  



 


Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top