!


Mogi perde a quarta partida seguida e cai para lanterna

Em sua quarta derrota consecutiva, o Mogi Mirim perdeu para o Rio Branco por 2 a 0 na tarde desta quarta-feira, no Estádio Décio Vitta, em Americana, pela sétima rodada do Grupo 3 da Segunda Divisão do Campeonato Paulista Sub-23, a Bezinha. Com o resultado, o Sapo caiu da penúltima colocação para a lanterna, com quatro pontos, pois foi ultrapassado pela Itapirense, que venceu o São Carlos, fora de casa, por 1 a 0 e chegou a cinco.

O Sapo chegou a cinco jogos consecutivos sem vitória e é o dono do pior ataque da competição, com apenas dois gols marcados em sete partidas.

O Rio Branco dominou amplamente o primeiro tempo. O time da casa tomou a iniciativa e trabalhava a posse de bola, investindo especialmente em jogadas pela direita, com o lateral Pimentel e o meia-atacante Rodney, principal destaque da partida com uma assistência, um gol e um tiro na trave. Além de buscar infiltrações pelo meio, o Rio Branco explorava as laterais, não apenas com Pimentel, mas também com o lateral-esquerdo Bruno. Dominado, o Mogi Mirim tinha dificuldades em articular jogadas de contra-ataque.

O placar foi aberto aos 12 minutos. Rodney deu belo passe para João Celeri, que recebeu nas costas da defesa do Mogi Mirim, invadiu a área e, de frente para o goleiro Alemão, finalizou cruzado para abrir o placar, com a bola ainda chegando, antes de entrar, a tocar em um defensor do Sapo que chegava para fazer a cobertura.

O Rio Branco seguiu tocando a bola no campo de ataque, dominando a partida. Aos 17, Rodney recebeu na área, preparou com estilo para finalizar, mas arrematou fraco, facilitando a defesa do goleiro Alemão.

Aos 21, Gabriel Biteco levantou a bola em direção à trave esquerda do goleiro Felipe, deixando em grande oportunidade Gabriel, que não conseguiu acertar a bola para finalizar.

Aos 31, o Rio Branco quase marcou o segundo. Após lançamento longo, Pimentel recebeu na direita, invadiu a área e deu um passe rasteiro para o centro: a bola desviou na defesa do Mogi Mirim, subiu e tocou na cabeça de João Celeri, passando perto do gol, à esquerda de Alemão, que estava fora da jogada, entre o centro e a direita da meta.

Aos 40, em jogada bem construída com uma sequência de passes, desde a defesa, o lateral-esquerdo Bruno recebeu no setor ofensivo e tocou para Rodrigo Pelé, que recebeu na entrada da área e finalizou rasteiro para defesa de Alemão.  

Na segunda etapa, o Mogi Mirim buscou mais o ataque e teve um maior volume de jogo em relação ao apresentado no primeiro tempo, mas criou pouco. Já os donos da casa exploraram os contragolpes.

O Rio Branco quase ampliou o placar aos 18 minutos. Luiz Antonio roubou a bola próximo ao meio de campo, a conduziu e deu belo passe na direita para Rodney. O meia-atacante invadiu a área já ajeitando o corpo para arrematar de primeira e cruzado: a bola acertou a trave e saiu pela linha de fundo.

O Mogi quase empatou aos 29 minutos, quando o lateral-direito Lucas cruzou para a área. A bola chegou na esquerda em Luiz Henrique, que dominou e arrematou para acertar o travessão.

No momento em que o Sapo estava melhor na partida, o Rio Branco ampliou. Aos 41 minutos, em contra-ataque iniciado pelo goleiro Felipe, Souza recebeu na direita, retardou um pouco a jogada para esperar a chegada de Rodney e deu um belo passe ao meia-atacante, que entrou na área e finalizou cruzado, na saída do goleiro Alemão.

A única vitória do Mogi Mirim na competição havia sido justamente contra o Rio Branco, por 1 a 0, no Estádio Vail Chaves, também em uma tarde de quarta-feira, no dia 25 de agosto.

O Sapo volta a jogar no próximo domingo, às 15h, diante da Itapirense, no Estádio Coronel Francisco Vieira, em Itapira, em partida reunindo os dois últimos colocados do Grupo 3. Na terceira rodada, as equipes se enfrentaram no Estádio Vail Chaves e houve empate em 0 a 0.


 

Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top