!


Atrizes de Mogi Mirim atuam em minissérie do SBT

Mogi Mirim conta com duas atrizes na minissérie A Corrida Contra o Tempo, que estreou no último dia 2 de outubro, na VTV, emissora afiliada do SBT. São elas Yasmin Vasconcelos, de 13 anos, que interpreta Valentina, melhor amiga da personagem Bruna, uma das protagonistas; e Pietra Tertuliano da Silva, de 10 anos, que interpreta a personagem Duda.

Em A Corrida Contra o Tempo, vivenciada com a abordagem de uma corrida de kart, Duda, personagem de Pietra, integra um trio com Bianca, interpretada por Marcella Zanatta, e Carol, vivida por Isabella Garrones. Embora sejam amigas, a concorrência pela vitória na corrida gera uma rivalidade. “A gente fala que ela (Duda) é meio debochada. A Duda, a Bianca e a Carol se sabotam. Ao mesmo tempo que são amigas, são rivais, uma provoca a outra”, observa a mãe de Pietra, Débora Soares Taveira Tertuliano.

O teste para participar da minissérie, dirigida por Vitor Frad, que atuou na produção de Malhação, e Hugo Moura, marido da atriz Deborah Secco, foi feito em 2019. Pietra estava agenciada por um agente de Campinas, que indicou que fosse enviado um material para a produtora de A Corrida contra o Tempo, Bia Marques. Chamada para o teste, Pietra foi selecionada e gravou a minissérie.

A mãe revela que Pietra já está confirmada na segunda temporada de A Corrida contra o Tempo, cujas gravações ainda não foram iniciadas. “Pra gente é uma realização, tendo em vista que ela gosta, é uma oportunidade e até mesmo pelos diretores serem pessoas idôneas, o Victor Frad, o Hugo Moura, que são pessoas já reconhecidas no meio artístico”, pontua.

Natural de Santo André, Pietra chegou em Mogi aos três anos com os pais Débora Soares Taveira Tertuliano e Marcelo Pedro da Silva, que foi transferido para atuar na unidade mogimiriana da Sabó. Além de trabalhar como atriz, Pietra gosta de atuar como modelo e cantar, dentre outras atividades.

Em 2019, Pietra ganhou a faixa de Miss Mogi Guaçu, após desfilar no concurso da Marichris Modelos e Eventos. Em 2021, foi coroada Miss São Paulo. Em virtude da pandemia de Covid-19, não houve o concurso, mas a Marichris informou ter sido Pietra a vencedora do sorteio para eleger a vencedora.

Sempre em movimento em busca de evolução e aprendizados, Pietra faz aulas de jazz, balé, hip hop, ginástica rítmica e inglês. “Todas as atividades que ela faz é porque ela quer e porque ela gosta”, frisa Débora.

A garota também fazia aulas de cheerleading, no Centro de Treinamento de Cheerleading (CTC), de Mogi Mirim, e já realizou aulas de natação. Na área da dança, Pietra gosta de postar vídeos com coreografias nas redes sociais, como YouTube e TikTok. Nas duas redes, assim como no Instagram, o nome do canal ou perfil é Pietra Tertuliano.

Credibilidade dos responsáveis pela direção da minissérie A Corrida contra o Tempo é um dos fatores comemorados pela família de Pietra; um dos profissionais é Hugo Moura, marido da atriz Deborah Secco (Foto: Arquivo Pessoal)


YASMIN
A vocação de Yasmin Vasconcelos para a arte foi herdada pais Eliseu Vasconcelos e Gisele Aline da Silva Vasconcelos. Músico, Eliseu tinha uma banda denominada Paiuca, que tocava ritmos como pop, pop rock e forró, e, na barriga da mãe, Yasmin já se fazia presente nos shows. “Quando eu conheci ele, eles tocavam em barzinhos, quando eu fiquei grávida, eu acompanhava. Hoje ele mais acompanha ela, toca violão, a gente tá até pretendendo voltar a fazer, montar shows mesmo para ela estar participando, fazer barzinho, restaurante, ele está querendo voltar para ajudar ela”, revela a mãe, que foi professora de dança do ventre no Centro Cultural. “A arte está no sangue”, brinca.

O início da atuação de Yasmin como cantora foi aos quatro anos. A mogimiriana participava do coral da Escola Adventista, gostava de cantar na igreja e foi colocada pela família na Lyra Mogimiriana para aulas de musicalização. “Quando a gente ia pra igreja, ela subia no púlpito, pegava o microfone e começava a cantar. Chegava em casa, a mesma coisa, cantava as musiquinhas que aprendia na escola e aí a gente começou a ver que ela era bem afinada, tinha ritmo”, recorda Gisele, que lembra que a garota, aos seis meses, já brincava com violão e pandeiro.

Na Lyra, Yasmin ficou dos 4 aos 10 anos. “Somos muito gratas por todo o processo que ela teve dentro da Lyra, foi um projeto incrível pra vida dela, ali eu acho que ela desenvolveu muito através deles”, reconhece a mãe. 

Em 2017, Yasmin estreou um canal no YouTube, denominado Canal da Min, denominação relacionada ao nome Yasmin. Atualmente, os vídeos são mais focados na parte musical, mas há estilos variados de postagens como brincadeiras. O canal cresceu ao longo dos anos e hoje tem mais de 3 mil inscritos. No Instagram  (@yasmin.vasconcelos.oficial), Yasmin tem mais de 12 mil seguidores, com fãs em todo Brasil. “Tem crianças de João Pessoa-PB, Goiânia-GO, Porto Alegre-RS, do Rio, do Acre, tem criança do país inteiro que chama ela, manda beijo, faz elogio quando ela manda um vídeo novo, é legal”, curte a mãe.

Ver a filha no SBT serve como confirmação para a mãe de que estava certa sobre a filha.“É muito emocionante, eu sempre acreditei muito no potencial da Yasmin, desde pequeninha, já via que ela era diferente, que tinha dom. E como a gente começou a trabalhar muito, há 3 anos com canal e divulgação, temos trabalhado para tudo isso que está acontecendo na vida dela hoje, então, estou muito feliz, porque realmente o que eu acreditava no potencial dela está sendo confirmado pra mim agora”, celebra a mãe.

Na minissérie A Corrida contra o Tempo, da VTV/SBT, em que uma corrida de kart é vivenciada, Yasmin interpreta a personagem Valentina (Foto: Ederson Montefusco)


Diego Ortiz

Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top