!


Obras na Rodovia dos Agricultores devem começar em 30 dias, acredita Munhoz

As obras de recuperação e melhorias na Rodovia dos Agricultores, que liga Mogi Mirim a Artur Nogueira, devem começar em até 30 dias. A estimativa é do deputado estadual Barros Munhoz (PSB), principal articulador em prol da realização do recapeamento da estrada.

No último sábado, dia 9, Munhoz e o prefeito Paulo Silva (PDT), acompanhados de secretários municipais e vereadores mogimirianos e nogueirenses, estiveram reunidos em evento de prestação de contas no estabelecimento conhecido como "Bar da Linguiça", localizado na Rodovia dos Agricultores. Produtores rurais do entorno e que utilizam a rodovia estiveram presentes.

O deputado confirmou que a licitação para as obras está avançando. Segundo publicação do Diário Oficial do Estado de São Paulo, saiu vencedora a proposta da empresa Compec Galasso Engenharia e Construções, ao custo de R$ 22.618.473,00. "Se tudo fluir normalmente, em 30 dias é dada a ordem de serviço", estimou Munhoz.

Por outro lado, o deputado advertiu que há possibilidade de serem ingressados recursos contra o resultado da licitação, até mesmo na Justiça, cenário que considerou como "tragédia", dada a lentidão de julgamentos do tipo. "Estou rezando para que isso não aconteça", disse.

As obras estão sob responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), ligado à Secretaria de Logística e Transportes, e vão beneficiar diretamente uma população de aproximadamente 150 mil pessoas em ambas as cidades. A previsão é que as melhorias sejam totalmente concluídas em até 12 meses após o início das obras.

No trecho de Mogi Mirim, serão recuperados 10,7 quilômetros de extensão. Já em Artur Nogueira, serão mais 12,3 quilômetros de obras, totalizando 23 quilômetros. Paulo Silva agradeceu o empenho de Munhoz pela concretização da obra. "Mogi Mirim está sendo muito bem atendida pelo Governo do Estado, e isso é fruto de um trabalho do deputado Barros Munhoz, da influência e da força dele", enalteceu.

Munhoz lembra que a Rodovia dos Agricultores é uma de suas prioridades desde o final dos anos 1980, quando levou ao então governador Orestes Quércia a necessidade da pavimentação da via. As obras foram concluídas no mandato seguinte, já na gestão do ex-governador Luiz Antônio Fleury Filho.

Por outro lado, o deputado lamentou que a realização da obra atual, necessidade há cerca de dez anos, tenha demorado tanto. “Nesse quesito de estradas vicinais, a gestão do ex-governador Geraldo Alckmin foi uma catástrofe”, criticou.

Munhoz também se mostrou preocupado com possível questionamento da licitação na Justiça, cenário que classificou como "tragédia": "Estou rezando para que isso não aconteça", disse (Foto: A COMARCA)

Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top