!


Escolas municipais registraram 7 casos de Covid desde o volta às aulas

As escolas da rede municipal de ensino de Mogi Mirim registraram sete casos positivos de Covid-19 desde o retorno presencial das aulas, em 8 de novembro. O mais recente foi confirmado ontem, dia 22, na Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Francisco Piccolomini, na Santa Cruz, em um estudante do 6º ano. A rede municipal conta com cerca de 7,6 mil alunos.

Os demais casos, todos diagnosticados em alunos, foram nas Emebs Professora Regina Maria Tucci de Campos, também na Santa Cruz, Professora Maria Nilsen Oliveira Leite, no Tucura, e Professora Altair Rosa Corsi Costa, no Parque da Imprensa. Na avaliação da Secretaria Municipal de Educação, com base nas informações repassadas pelas escolas, todas as infecções ocorreram fora das unidades escolares.

Os seis primeiros casos foram identificados em alunos do Ciclo I do Ensino Fundamental, em que cada sala de aula conta com apenas uma professora titular, que ministra todas as disciplinas. Portanto, a decisão da Secretaria de Educação, em consonância com a Secretaria de Saúde, foi de suspender as aulas presenciais apenas nas classes com estudantes que testaram positivo para Covid-19. Os professores dessas classes foram afastados e realizaram testes para Covid-19. As demais salas continuaram em funcionamento normalmente.

Na escola Francisco Piccolomini, o aluno contaminado pertence ao Ciclo II do Ensino Fundamental, em que cada disciplina é de responsabilidade de um professor diferente, que pode dar aulas em mais de uma sala. Uma mesma classe pode, por exemplo, ter aulas com cinco docentes diferentes no mesmo dia, considerando as cinco horas-aula diárias. Por isso a decisão de suspender as aulas de todas as turmas, nos períodos da manhã e tarde, como anunciado na segunda-feira. Os professores também foram orientados a realizarem os testes para Covid-19.

As aulas na Emeb Francisco Piccolomini serão, nos próximos dias, em sistema remoto, para que seja cumprido o calendário letivo. Até o momento, segundo a Prefeitura, todos os testes realizados em professores deram negativo. As ações estão sendo feitas em parceria com a Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde.

Protocolos foram adotados pela Educação seguindo recomendações da Saúde (Foto: Arquivo/Divulgação)

Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top