!


Estudante de Mogi Guaçu é estuprada em rodeio de Jaguariúna

A estudante e influenciadora digital Franciane Andrade, de 23 anos, foi estuprada em um rodeio realizado na cidade de Jaguariúna. A jovem de Mogi Guaçu relatou o caso em seu perfil no Instagram, na terça-feira, 30, quando recebeu a confirmação dos exames médicos realizados.

Na segunda-feira, ela revelou, também pelas redes sociais, que foi dopada durante o evento realizado no final de semana. “O médico disse que pode ter sido bala [gíria para definir drogas a base de anfetamina] ou ecstasy e eu nunca usei nada desse tipo. Foi um baque muito grande no meu organismo”, explicou.

Também disse não se lembrar de nada do que aconteceu no rodeio, tendo recebido relatos de que estava inconsciente em uma mesa de um dos camarotes. Na segunda-feira, ela afirmou ainda estar sentindo os efeitos da droga: desidratação, vômitos e batimentos cardíacos acelerados.

Após sentir dores, a estudante procurou pelo Instituto Médico Legal (IML) de Mogi Guaçu, no dia seguinte, quando exames confirmaram o estupro. Muito abalada, ela relatou a situação nas redes sociais. “Ele [médico] constatou que realmente houve estupro, mas ele não sabe me dizer se foram um, dois ou três”, disse, chorando. “Eu tô arrasada, que dor estou sentindo. Inconsciente, sem ver quem era…”, desabafou.

Franciane registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) e foi à Santa Casa de Mogi Guaçu para tomar um coquetel de medicamentos para prevenção de urgência à infecção pelo HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis. O caso foi registrado na Delegacia de Defesa à Mulher (DDM) de Mogi Guaçu e encaminhado ao município de Jaguariúna. 

Em nota à imprensa, a organização do Jaguariúna Rodeo Festival afirmou que assim que tomou conhecimento do relato de Franciane Andrade, entrou em contato com a jovem e com sua família “para prestar toda ajuda e suporte necessários". Também destacou estar "à disposição das autoridades para colaborar com a investigação do ocorrido" e que "já estão sendo analisadas as imagens e vídeos das diversas câmeras de segurança do festival". 

Leia, na íntegra, a nota enviada pelo Jaguariúna Rodeo Festival:

NOTA OFICIAL

A organização do Jaguariúna Rodeo Festival informa que entrou em contato com a jovem Franciane Andrade e sua família para prestar todo o suporte necessário neste momento difícil assim que soube do ocorrido, por meio das redes sociais, por volta de 18:30 de ontem.

Toda a operação do evento neste momento está voltada para o esclarecimento do episódio relatado por Franciane e para a busca de elementos que ajudem as autoridades policiais a encontrarem os responsáveis pelo ocorrido.

O departamento jurídico do JRF está em contato permanente com as autoridades policiais e, em conjunto com as autoridades competentes, realiza uma operação de busca em todas as 53 câmeras espalhadas pelo recinto para que se possa reconstituir o episódio e que os culpados sejam imediatamente identificados.

O evento esclarece ainda que possui um efetivo de mais de 400 seguranças treinados e com registro na Polícia Federal para preservar a integridade dos clientes.

O JRF lamenta profundamente o ocorrido e presta solidariedade à Franciane, amigos e familiares. A organização reafirma seu compromisso com o bem-estar do público e repudia qualquer forma de abuso e discriminação, dentro ou fora dos eventos que realiza.

Jaguariúna Rodeo Festival




Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top