!


Impostos municipais sobem quase 11% a partir de 2022

Foi publicado na edição de quarta-feira, dia 22, do Jornal Oficial de Mogi Mirim o decreto municipal 8.511, assinado pelo prefeito Paulo Silva (PDT), que corrige monetariamente os impostos municipais para o ano de 2022. O aumento decretado foi de 10,74%.

O reajuste vale para os tributos cobrados em Mogi Mirim, para a planta genérica de valores que serve como base para lançamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), para os preços públicos, para a Contribuição de Iluminação Pública (CIP), para multas de ofício e para débitos inscritos em dívida ativa, tributário ou não tributário, ajuizados ou não, protestados ou não.

O decreto justifica que a variação acumulada nos últimos 12 meses do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de dezembro de 2020 a novembro de 2021, publicado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi de 10,74%. Por isso, a partir de 1º de janeiro de 2022, os impostos municipais sofreram o mesmo aumento.

O reajuste vale para os tributos cobrados em Mogi Mirim (Foto: Arquivo)

Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top