!


Nova empresa assume o serviço de coleta de lixo

A empresa Plural Serviços Técnicos, do Rio de Janeiro, iniciou na segunda-feira, 10, as operações do serviço de coleta de lixo em Mogi Mirim. Com oito caminhões novos, sendo dois automáticos e seis manuais, as equipes foram montadas com um motorista e três coletores e já iniciaram os trabalhos pelos bairros, desde às 7h. O valor do novo contrato é de R$ 6,2 milhões.

“Quase 100% da equipe da Construrban foi reaproveitada. O que muda é a nossa metodologia de trabalho, visando sempre agilizar a coleta, otimizar e garantir qualidade na prestação do serviço, com foco no custo-benefício”, ressaltou  o gerente da Plural, Laércio da Costa Lima Junior.

Os trabalhos da Plural estão sob a supervisão da Secretaria de Serviços Municipais. De acordo com a Secretaria, a coleta, que ficou temporariamente atrasada nos últimos dias, deve ser totalmente normalizada ainda nesta semana.

Para não gerar transtorno, os horários e dias da semana de coleta nos bairros serão mantidos neste momento. E, caso haja algum tipo de alteração no decorrer do serviço, ela será comunicada previamente à população. 

Duas mudanças, no entanto, já devem ser colocadas em prática. A primeira delas é que os coletores não mais farão a chamada "redução", em que os sacos de lixo eram amontoados nas esquinas a fim de fazer o recolhimento posterior, em um único local. Agora, os coletores passarão de porta em porta, fazendo a coleta casa a casa, sem obstruir as ruas com os sacos de lixo.

Outra alteração é em relação ao aterro sanitário no qual o lixo é descartado. Até então, a Construrban fazia o descarte em um aterro na cidade de Conchal. Contudo, a estrada não era bem conservada e perdia-se muito tempo de toda a equipe no local, inclusive com filas de caminhões para o descarte, até que se pudesse retornar a Mogi Mirim para retomar a rota de coleta. 

Agora, o descarte passará a ser feito em Casa Branca, em um aterro cujo acesso é todo asfaltado e há prioridade para o descarte do lixo de Mogi Mirim, sem filas e apenas com o motorista, e não mais toda a equipe, indo até o local.

 Coletores passarão de porta em porta, fazendo a coleta casa a casa, sem obstruir as ruas com os sacos de lixo (Foto: Divulgação/Prefeitura de Mogi Mirim)

Nenhum comentário:

Deixe um comentário

Scroll to top