A Comarca

Motorista reage a assalto e mata suspeito com 3 tiros em Itapira

A Polícia Civil de Itapira procura um motorista de carro que, ao reagir a uma tentativa de assalto na madrugada de segunda-feira, 14, acabou matando um suspeito que, juntamente com um comparsa, estaria tentando praticar um roubo.

Segundo a Guarda Civil Municipal (GCM), por volta das 2h00, um homem telefonou afirmando ter escutado quatro tiros na Avenida Comendador Virgolino de Oliveira, próximo ao Supermercado Delalana, no Jardim Ivete. A GCM enviou viaturas e, quando os guardas civis chegaram ao local, se depararam com o suspeito caído no asfalto, já sem vida.

Os GCMs tiveram acesso a gravações de câmeras de segurança que mostram que ele desceu de um Fiat Palio e, juntamente com outro homem, iria abordar outro carro que estava parado na esquina da Avenida Virgolino de Oliveira com a Avenida São Paulo.

Quando os dois suspeitos se aproximaram do outro carro, o motorista efetuou ao menos quatro disparos. Três tiros atingiram o suspeito, que caiu na hora, atingido no antebraço, costas e no peito. Surpreendido com a reação do motorista, o outro homem escorregou, mas, rapidamente, levantou-se e correu para o Fiat Palio.

Momentos depois, esse mesmo veículo foi interceptado pela GCM no Penhão. Dentro, haviam quatro homens que foram encaminhados à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Mogi Guaçu. Um deles estava com o joelho machucado e parece o suspeito que escorregou quando o motorista do outro carro começou a atirar.

LIBERADOS
Todos os suspeitos são moradores do assentamento do Vergel, em Mogi Mirim, e com eles foi encontrada a réplica de uma pistola 9 mm. Apesar do simulacro e da vítima ter saído do Fiat Palio, eles foram liberados após serem ouvidos pelo delegado.

O suspeito morto foi atingido por três tiros de calibre 9 mm. Peritos do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Científica de Mogi Guaçu estiveram no local para colher evidências e o corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde foi identificado.

O caso agora está sendo investigado pelo Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia de Itapira. Este é o segundo homicídio do ano em Itapira. O primeiro ocorreu no dia 15 de janeiro, na Rua Imperatriz Leopoldina, na Vila Isaura, quando um ex-presidiário de 29 anos assassinou Wanderley Fuine, 63. O caso foi esclarecido em menos de uma semana pelo próprio SIG.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp