A Comarca

Em Mogi Mirim, corpo de homem é encontrado com marcas de estrangulamento

A Polícia Civil está tentando identificar o corpo de um homem, entre 30 e 40 anos, que foi encontrado na estrada rural do “Boa”, na região Leste da cidade. Um trabalhador rural, que trabalha nas proximidades, foi quem achou o corpo, por volta do meio-dia de quarta-feira, 16. Antes, pela manhã, ele disse que já havia notado um Ford Escort prata abandonado no mesmo local. Quando estava voltando para o almoço, novamente avistou o veículo e resolveu olhar mais de perto. Foi quando ele notou que a porta do motorista estava aberta e, ao lado, havia um rastro de mato amassado.

Ele seguiu essa trilha e chegou ao corpo, caído a uns quatro metros de onde estava o carro. Imediatamente, ele acionou a Guarda Civil Municipal (GCM), que enviou a viatura da Patrulha Rural ao local. Os guardas civis Márcio e Célio confirmaram a presença do corpo, já sem vida, e comunicaram o fato à delegada de plantão, Raquel Cassali.

O homem também foi visto no mesmo local, ainda com vida, por volta das 19h de terça-feira. Porém, o fato dele ter sido arrastado do carro ou de ter rastejado até onde foi encontrado, intrigou as autoridades policiais.

Peritos do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Cientifica começaram a examinar o local e já sabem que se trata de um possível homicídio. Isso porque há marcas de estrangulamento no pescoço da vítima, além de sinais de que o homem teria sido espancado a pauladas.

Como não portava documentos, o corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), onde, por meio de impressões digitais, vão tentar identificar a vítima.

Segundo pessoas que moram nas proximidades, o homem achado morto era viciado em drogas e costumava consumir entorpecentes na estrada do “Boa”. Essa informação, porém, não foi confirmada pela Polícia.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp