A Comarca

Novotec Expresso abre inscrições para cursos de qualificação profissional

O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com a Secretaria de Educação e o Centro Paula Souza, abriu as inscrições dos cursos gratuitos de qualificação profissional do programa Novotec Expresso, na região de Campinas, com 3.400 vagas no total. As inscrições devem ser realizadas até o dia 25 de fevereiro pelo site www.novotec.sp.gov.br. As aulas têm previsão de início em 14 de março.

Serão ofertados cursos nas áreas Gestão e Negócios, Produção Cultural e Design, Tecnologia da Informação e Comunicação, e Meio Ambiente nos municípios de Americana, Amparo, Araras, Atibaia, Bragança Paulista, Campinas, Campo Limpo Paulista, Hortolândia, Indaiatuba, Iracemápolis, Itapira, Itatiba, Jaguariúna, Jundiaí, Leme, Limeira, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Paulínia, Piracicaba, Rafard, Rio Claro, Santa Bárbara d’Oeste, São João da Boa Vista, São Pedro e Sumaré.

O Novotec Expresso no contraturno não possui processo seletivo. Jovens entre 14 e 24 anos, com ensino fundamental completo, estão aptos a se candidatar para uma vaga. É importante ficar atento aos critérios de classificação utilizados para selecionar os alunos quando há mais inscritos do que vagas. O programa tem como premissa a paridade de gênero dentro das turmas e há prioridade aos estudantes matriculados no Ensino Médio da rede pública e das Etecs.

No total, há 40 mil vagas abertas em todas as regiões administrativas, com 38 opções de cursos que foram desenvolvidos para atender as demandas atuais do mercado de trabalho e os interesses dos jovens. Para se inscrever, ao acessar o site, basta fazer um cadastro simples para, na tela de inscrição, selecionar o município de interesse para verificar quais cursos estão disponíveis
e então selecionar uma das opções. A comunicação com os inscritos é feita pelo e-mail cadastrado na hora da inscrição.

Além disso, estudantes participantes da iniciativa que estejam matriculados no ensino médio na rede estadual terão direito a receber um auxílio no valor total de até R$ 600, dividido em 4 parcelas mensais, ao longo da duração do curso.

Para receber a bolsa, os jovens elegíveis deverão estar frequentes no curso e não podem ser beneficiários de seguro-desemprego. No caso dos jovens de 14 e 15 anos, será necessário a indicação de um responsável para o pagamento da bolsa e que a renda familiar seja de até três salários-mínimos. O pagamento de até quatro parcelas será iniciado em abril e feito por meio do portal Bolsa do Povo, com cartão do Bolsa do Povo ou voucher, que o aluno usará para sacar em caixa eletrônico.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp