A Comarca

Comerciante é morto a tiros durante assalto na zona Leste

Uma tentativa de roubo no início da tarde de sexta-feira, 18, acabou em tragédia, com a morte de um jovem comerciante, Júnior da Silva Santos, baleado com pelo menos dois tiros no peito. Ele estava trabalhando em seu comércio, à Rua Xavantes, no Mogi Mirim II, zona Leste da cidade, quando chegaram dois assaltantes em uma Yamaha Fazer 250 vermelha.

Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na Santa Casa. Os bandidos eram de Mogi Guaçu e estavam armados. O fato aconteceu por volta das 11h40 e, segundo o apurado no local, a dupla tinha como alvo essa loja de utilidades domésticas, localizada logo no início da rua.

Os bandidos renderam o proprietário e anunciaram o assalto. Enquanto um assaltante mantinha o comerciante sob a mira de uma arma, o comparsa pegava mercadorias e colocava no carro da vítima, um Toyota Corolla prata, estacionado a poucos metros da loja. Provavelmente, o carro de Junior também seria levado por eles.

Nesse instante, a filha do comerciante, de apenas 11 anos, percebeu a ação criminosa, se escondeu em um imóvel aos fundos e conseguiu acionar a Polícia Militar. Rapidamente, a PM chegou ao local. Um dos ladrões fez o dono da loja, como refém, afirmando que se os policiais tentassem entrar no local, iria matá-lo.

Minutos depois, infelizmente, isso acabou ocorrendo. O bandido atirou duas vezes no peito do homem e fugiu. Já o comparsa foi pego pela PM. Na loja, foi encontrado uma pistola calibre 380, usada por um dos marginais e que pode ter sido a arma utilizada no crime.

A mulher do comerciante, ao receber a notícia, desesperou-se e precisou ser contida pelos filhos e amigos, já que apresentava um quadro de hipertensão. Peritos do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Científica estiveram na loja para analisar o local e colher material.

O corpo do comerciante foi enviado ao Instituto Médico Legal (IML) de Mogi Guaçu para exames necroscópicos. Esta é a terceira morte violenta que ocorre em Mogi Mirim somente neste início de ano. A primeira foi a do engenheiro eletrotécnico Keslley Oliveira, 28, morto no dia 16 de fevereiro.

Ele foi encontrado na estrada do Boa, com sinais de espancamento e o crime segue em aberto. O segundo ocorreu na última quarta-feira, 16, quando um bandido trocou tiros com a PM em um sítio e acabou baleado e morto (leia mais nesta página). Agora, a semana termina com o brutal assassinato do comerciante Junior da Silva Santos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp