A Comarca

Servidores em greve fazem protesto pelas ruas centrais de Mogi Mirim

O primeiro ato da greve dos servidores públicos municipais de Mogi Mirim foi uma manifestação pelas ruas centrais da cidade, para chamar a atenção da população para as reivindicações da categoria. No auge do movimento, na Estação Educação, cerca de 500 trabalhadores participaram do ato, o que representa aproximadamente 20% do funcionalismo local.

A concentração ocorreu por volta das 8h, na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mogi Mirim (Sinsep). A maior parte do movimento grevista era composta por trabalhadores dos setores de Educação e Saúde. Após a chegada de uma viatura da Guarda Civil Municipal (GCM), teve início a passeata.

Da sede do Sinsep, os grevistas seguiram para a Rua Ariovaldo Silveira Franco e, em seguida, para a Avenida Adib Chaib, até o Espaço Cidadão, onde está localizado o Gabinete do prefeito Paulo Silva (PDT). No local, representantes do sindicato e da Administração Municipal se reuniram por cerca de 40 minutos, mas não houve acordo nem uma nova proposta à categoria.

Em seguida, os servidores seguiram em passeata por algumas ruas centrais de Mogi Mirim e se concentraram novamente na Praça São José, onde a manifestação dispersou. Mais tarde, uma nova passeata teve início na Praça 9 de Julho e seguiu a Rua Padre Roque até a Praça Rui Barbosa, de onde o movimento partiu, novamente, para o Gabinete do prefeito.

Servidores em greve fazem manifestação no Centro de Mogi Mirim (Foto: Flávio Magalhães/A COMARCA)

 

Partindo da sede do Sinsep e seguindo pela Avenida Adib Chaib, passeata chegou à Estação Educação (Foto: Flávio Magalhães/A COMARCA)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp