A Comarca

Desfile emociona público e marca celebração dos 145 anos de Mogi Guaçu

Após dois anos de interrupção por conta da pandemia da Covid-19, o tradicional desfile cívico-militar em celebração ao aniversário de Mogi Guaçu voltou a acontecer na Avenida dos Trabalhadores, no sábado, 9 de abril, data do aniversário da cidade. O desfile, que teve como tema “No olhar da criança, o futuro de nossa cidade”, emocionou o público, que acompanhou todos os detalhes até o final.

Centenas de pessoas compareceram à Avenida dos Trabalhadores, na manhã de sábado, para participar da festividade. “Este desfile foi preparado com muito carinho para celebrar os verdadeiros protagonistas dessa história, que são os homens e mulheres de Mogi Guaçu”, disse o prefeito Rodrigo Falsetti, durante o discurso de abertura do desfile.

“É uma grande honra podermos comemorar o aniversário da cidade com o retorno do desfile cívico-militar, pois muitas pessoas vítimas da Covid-19 já não podem mais aproveitar deste momento. Agradeço ao público presente e a todas as pessoas que se dispuseram a fazer parte desta linda homenagem a Mogi Guaçu”, comentou o chefe do Executivo.

O vice-prefeito, major Marcos Luiz Tuckumantel, salientou que o desfile ia ser um dia memorável e um momento de retomada de esperança da população guaçuana para um futuro melhor e mais feliz. “Nosso trabalho tem feito a diferença que Mogi Guaçu merece e que o povo espera”, disse.

DESFILE
Como de praxe, a abertura do desfile começou com a execução dos hinos Nacional e de Mogi Guaçu tocados pela Banda Sinfônica de Mogi Guaçu, que foi acompanhada pelos atiradores do Tiro de Guerra (TG). O hasteamento das bandeiras foi realizado pelo prefeito (Mogi Guaçu), vice-prefeito (Brasil) e representante da Policia Militar (Estado de São Paulo). Na sequência, seguiu-se a apresentação cívico-militar.

A parte militar contou com a presença do Tiro de Guerra, Polícia Militar, inclusive do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep) de Campinas, Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Científica, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. Depois, a parte cívica teve a presença da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), da rede municipal de ensino, Escola Municipal de Iniciação Artística (Emia), Escola Estadual Luiz Martini, grupos de escoteiros Excalibur e Rio das Cobras, Ordem Demolay, Caia, Caps e da Fundação Educacional Guaçuana (FEG).

Participaram ainda das apresentações do desfile o instituto de karatê Carlos Nunes, equipe de dança Layla Daoud, as bandas marciais dos Ypês, do Igaçaba e Luizinho Lanzi, Cia do Jeep e o grupo Selvagens Moto Clube.

O desfile, que teve como tema “No olhar da criança, o futuro de nossa cidade”, emocionou o público, que acompanhou todos os detalhes até o final (Foto: Divulgação)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp