A Comarca

Moradores do Jardim Paulista reclamam de abandono em praça

Fernando Gasparini

Diversos moradores que residem nas imediações da praça que homenageia o saudoso radialista e vereador Luiz Eduardo Gasparin, na zona Norte, se queixam das condições de conservação no local. A praça fica localizada no alto do Jardim Paulista, entre a Rua Américo Varzini e a Avenida Juscelino Kubitscheck de Oliveira.

Mato alto, falta de poda nas árvores e escuridão durante o período noturno são as principais queixas. “O local é ótimo. Caso tivesse uma atenção melhor por parte da Prefeitura, certamente seria bem melhor”, comentou o autônomo Vandilson da Silva Montalvão, que trabalha diariamente no local, onde vende cachorro quente.

Ele disse ainda que é comum a queixa dos moradores com relação ao estado da praça. “Do jeito que está, traz muita insegurança”, apontou. O mecânico Francato Junior, que tem sua oficina em frente à praça e reside nas imediações há cerca de 10 anos, corrobora com a queixa. “Principalmente à noite, fica tudo às escuras. A gente fica intranquilo”, observou.

Karen Vechini, que reside bem em frente à praça, reclama dos bichos peçonhentos. “Já encontrei aranhas no meu quintal”, relatou. Ela conta que a Prefeitura costuma dar uma atenção somente quando a situação fica “insustentável”. O aposentado Antônio Aparecido Carlos Garcia disse que recentemente protocolou um pedido para que seja feita uma “faxina” no local, solicitando também outras melhorias.

“Além da questão da limpeza, solicitei a poda das árvores, porque elas impedem que os postes que ainda funcionam iluminem o local de forma correta. Os postes são altos. Além disso, o piso da praça está muito deteriorado”, elencou. Quando a reportagem de A COMARCA visitou a praça, encontrou um colchão jogado em meio à vegetação espessa. Ao redor, havia também muitas embalagens de marmitex, num indicativo de que o local serve de abrigo para moradores em situação de rua.

Todos os moradores ouvidos por A COMARCA afirmaram que o estado de abandono já vem de outras administrações e defendem que o local deveria passar por um processo de transformação. “Uma praça tão bem localizada poderia receber equipamentos que proporcionam lazer, conforto e segurança para os moradores. Uma pena que esteja desta forma”, comentou Francato Junior, que zela por uma área particular muito bem cuidada, localizada em frente à própria praça.

LIMPEZA
Nesta sexta-feira, 29, uma equipe da Prefeitura percorreu parte da Avenida Juscelino Kubitscheck de Oliveira, promovendo serviços de roçagem e limpeza também nas praças adjacentes. A Praça Luiz Eduardo Gasparin, enfim, recebeu os trabalhos de zeladoria.

Quando a reportagem de A COMARCA visitou a praça, encontrou um colchão jogado em meio à vegetação (Foto: A COMARCA)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp