A Comarca

Volume de chuva dos primeiros meses do ano dobra em comparação a 2021

Fernando Gasparini

O volume de chuva registrado nos primeiros quatro meses deste ano em Mogi Mirim dobrou em comparação ao mesmo período de 2021. Os dados são do Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae).

Segundo registros compilados pela autarquia, até o dia 29 de abril choveu 738,1 mm, enquanto que de janeiro a abril do ano passado o total não passou de 364 mm. O ano de 2021, aliás, foi semelhante a 2014, estando entre as piores secas dos últimos 90 anos na maior parte do Brasil.

Em 2022, janeiro registrou o maior volume de chuva, com 374,4 mm. Cada milímetro (mm) corresponde a 1 litro de água por metro quadrado. Em janeiro de 2021 foram apenas 81,3 mm.
Já fevereiro deste ano registrou 155,4 mm. No ano passado, foram expressivos 218,8 mm. Março de 2022 apresentou 92,7 mm, contra 54,8 mm registrados no ano passado.

O mês de abril acumulou 115,3 mm, ainda sem contabilizar a chuva fraca de sábado, dia 30. Em 2021, foram irrisórios 9,2 mm.

“Notamos com enorme alívio que os números deste ano estão muito acima do que ocorreu no ano passado”, corroborou Edson Médici, operador de tratamento de água do Saae, uma das pessoas que cuidam da elaboração da estatística, existente na autarquia desde 1981.

ESTIAGEM
Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), porém, as chuvas deverão se tornar mais raras a partir de maio. O segundo mês do outono deve continuar apresentando temperaturas elevadas, com máximas de até 33° C, pelo menos até a próxima semana. A mínima vai oscilar entre 18 e 21° C durante a madrugada.

O Instituto faz ainda um alerta para a queda da umidade relativa do ar, que poderá chegar aos 20% a partir desta segunda-feira, obrigando principalmente crianças e pessoas mais idosas a adotarem medidas específicas, como, por exemplo, tomar bastante água e evitar se exercitar entre 10h e 16h.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp