A Comarca

Romaria de Cavaleiros atraiu cerca de 400 participantes em Mogi Mirim

Fernando Gasparini

A tradicional Romaria de Cavaleiros, que anualmente atrai um público apaixonado por equinos e muares ao bairro da Santa Cruz, foi realizada em Mogi Mirim no último domingo, 1º de maio, e contou com aproximadamente 400 participantes, segundo os organizadores.

O adestrador de cavalos Valderez José de Souza, 44, o “Maluco”, um dos organizadores, explicou que a divulgação ficou no “boca a boca” e nas redes sociais. Caso contrário, acredita que o número de participantes teria sido ainda maior. “Ficamos felizes porque o evento ainda mostra sua força atraindo participantes de diversas cidades da região”, comentou.

O encontro teve início por volta do meio-dia, no final da Rua Santa Cruz, e percorreu diversas vias até chegar à Avenida Luiz Gonzaga de Amoedo Campos e retornar ao bairro da Santa Cruz. Valderez disse que o trajeto foi percorrido sem nenhum incidente.

Questionado se a preocupação que muitas pessoas expressam nos dias de hoje a respeito dos maus-tratos aos animais não contribui para esfriar o ânimo da realização de um evento desta natureza, o adestrador disse os organizadores são os primeiros a se posicionarem contra os maus-tratos.

“Eu costumo dizer para as pessoas que maltratar um cavalo é, para mim, algo comparável a maltratar um filho. Os participantes sabem das determinações.”, apontou.

TRADIÇÃO
A Romaria era, até 2013, um evento inserido dentro do calendário religioso da Paróquia Santa Cruz e tinha na figura do saudoso Monsenhor Clodoaldo de Paiva, falecido em 2021, seu principal idealizador.

Em 2014, porém, o evento deixou de ser realizado pela paróquia. A decisão polêmica foi tomada, à época, após reclamações da comunidade local sobre os transtornos e excessos cometidos por alguns romeiros e pressão de ativistas da causa animal, que reclamavam de maus-tratos.

Pessoas da própria comunidade retomaram a tradição em 2015, de forma independente. Obedecendo a esse roteiro, a última Romaria, realizada em 2019, foi a de número 53. O evento deixou de ser realizado em 2020 e em 2021 por causa da pandemia de Covid-19.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp