A Comarca

Nomes de jornais da cidade são usados sem autorização por golpista

Um estelionatário agiu nos últimos dias em Mogi Mirim utilizando sem autorização os nomes dos jornais A COMARCA e O Popular para aplicar golpes em comerciantes e empresários da cidade.

Segundo relatos que chegaram ao conhecimento de ambos os jornais, um homem se apresentava prometendo aos proprietários dos estabelecimentos uma divulgação comercial através de um concurso que escolheria “o melhor comércio da cidade”, com publicação em jornais impressos da cidade. Para participar do concurso, os comerciantes deveriam pagar uma “taxa”. Alguns deles, porém, desconfiaram e entraram em contato diretamente com as empresas jornalísticas.

A COMARCA e O Popular esclarecem que não possuem qualquer ação publicitária desse tipo em andamento junto ao comércio local. A direção de A COMARCA informou ainda que um boletim de ocorrência sobre o caso foi elaborado junto à Polícia Civil.

De acordo com o Código Penal Brasileiro, o estelionato é descrito como o ato de “obter, para si ou para outro, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil ou qualquer outro meio fraudulento.” A pena para a prática de estelionato pode ir de 1 a 5 anos, e multa.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
EDITORIAL
Capa Nelson Theodoro
Capa Pacóla
EDITORIAL

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp