A Comarca

Prefeitura retoma Passeio de 9 de Julho após dois anos de interrupção

Celebrando os 90 anos da Revolução Constitucionalista de 1932, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo volta a investir na realização do Passeio Turístico da Revolução de 1932, no próximo sábado, dia 9, evento que chega à sua 8ª edição. Em razão da pandemia, ficou sem ser realizado em 2020 e 2021.

A programação começa às 8h, no Centro Cultural Lauro Monteiro de Carvalho e Silva, e deve se estender até por volta das 13h, com encerramento na Praça Rui Barbosa.

O secretário de Cultura e Turismo, Luiz Henrique Dalbo, informou que o passeio propriamente dito será precedido de duas atividades: um vídeo explicativo da comemoração e uma contação de histórias direcionada especialmente ao público infantil, a cargo da professora Natali Leme, também com a finalidade de contextualizar a data.

No segundo pavimento do Centro Cultural, haverá uma exposição de fotografias alusiva à Revolução. O secretário calcula que entre a recepção, com café da manhã, e a saída da comitiva em uma carreta, deverão ser consumidos cerca de 50 minutos. “Nós temos a obrigação de caprichar na elaboração dos festejos, dada a importância que Mogi Mirim teve na qualidade de uma cidade protagonista dos fatos durante a insurreição”, mencionou.

Dalbo conta que a pontualidade é um requisito fundamental para que o passeio transcorra sem problemas. Ele calcula que deverão participar cerca de 80 pessoas, limite máximo que a carreta comporta de ocupantes. Os ingressos estão sendo distribuídos no próprio Centro Cultural.

O público que, via de regra, participa desta atividade é constituído, segundo Dalbo, por pessoas de outras cidades, aficionados pelo tema e a comunidade escolar. “Enviamos a programação para todas as escolas da cidade e pedimos para que a atividade fosse divulgada”, colocou.

Dalbo: Temos a obrigação de caprichar na elaboração dos festejos, dada a importância que Mogi Mirim teve na Revolução (Foto: A COMARCA)

ROTEIRO
O roteiro estabelecido prevê que uma visita ao aeroclube, logo depois que a comitiva deixar o Centro Cultural. A chegada é prevista para 9h45. No local, os participantes vão acompanhar relatos da importância que o campo de pouso teve durante os embates entre forças legalistas e os revoltosos paulistas.

O retorno prevê um passeio pelas ruas centrais da cidade, rumo à Praça Nove de Julho, onde estará ocorrendo uma cerimônia cívica, tradicionalmente encampada pelo Rotary Clube. Depois, a carreta segue em direção à escola estadual Coronel Venâncio, outro local histórico do ponto de vista da Revolução, passa pela Praça Rui Barbosa e vai parar no Bosque das Jabuticabeiras, próximo a Etec Pedro Ferreira Alves, onde existe um abrigo subterrâneo que teria sido utilizado pelos soldados paulistas durante o conflito.

Ali haverá algumas atividades programadas em parceria com o grupo de escoteiros Encanto das Matas e, já por volta do meio-dia, a comitiva segue para a última etapa, a chegada à Praça Rui Barbosa, onde a Banda Lyra fará uma apresentação no coreto.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Veja mais
Confira mais notícias
Edições semanais
Capa Nelson Theodoro
Capa Pacóla
Capa Nelson Theodoro

Siga a comarca nas redes sociais

site_mobile_menu

Siga A Comarca

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp